Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - HENRIQUE CHAVES DEIXA MARCA EM PAUL RICARD

Segunda, 29 Abril 2019 13:51 | Actualizado em Terça, 17 Setembro 2019 08:53

Henrique Chaves deixa a sua marca em Paul Ricard

 

Henrique Chaves viu a sua prestação condicionada logo no início da segunda corrida da ronda de Paul Ricard do International GT Open, devido a um toque de um adversário, mas ainda assim conseguiu terminar num bom sétimo posto.

 

O piloto de Torres Vedras assinara uma boa performance na qualificação desta manhã, ao assinar o terceiro crono, preparando-se, uma vez mais, para lutar por um lugar no pódio.

 

O jovem do McLaren 720S número cinquenta e nove arrancou bem, mantendo a sua posição, mas pouco depois sofreu um toque de um adversário, deixando-o virado para o sentido errado. Todo o pelotão conseguiu evitá-lo, ao passo que os restantes pilotos da Teo Martín Motorsport se envolveram num incidente que os deixou fora de prova.

 

Com o Safety-Car em pista, Henrique Chaves passou pelas boxes para verificar o seu carro, voltando à pista na vigésima e última posição, tendo uma prova de recuperação pela frente.

 

O português não baixou os braços e, assim que a prova foi retomada, começou a ganhar posições, com ultrapassagens bem calculadas, subindo na classificação rapidamente. Os danos do seu carro eram evidentes, mas ainda assim conseguiu imprimir um andamento competitivo, nos tempos dos pilotos da frente, o que lhe permitiu entregar o McLaren a Martin Kodric na décima posição.

 

O croata, apesar do handicap de dez segundos, prosseguiu a recuperação iniciada por Henrique Chaves, cruzando a linha de meta no sétimo lugar, uma posição que permitiu à dupla do McLaren 720S GT3 #59 somar mais alguns pontos. “O início não foi o que esperávamos, mas as corridas são assim e os arranques são propícios a incidentes. Apesar do atraso e de alguns danos no carro, conseguimos recuperar e exibir um bom andamento, o que nos levou até ao sétimo lugar final. O Martin realizou, também, um bom turno e a equipa esteve bem, tínhamos potencial para muito mais, mas acaba por ser um bom resultado”, sublinhou o piloto de vinte e dois anos.

 

Após a primeira etapa do International GT Open deste ano, Henrique Chaves está no terceiro lugar do Campeonato de Pilotos, com dezasseis pontos e a sete da dupla do primeiro posto, o que deixa o português entusiasmando para a restante temporada. “Foi uma estreia muito positiva no International GT Open. Mostrámos andamento ao longo de todo o fim-de-semana, estivemos na luta pela vitória na corrida de ontem e hoje fiz uma volta muito boa na qualificação, que foi muito importante para me dar confiança, uma vez que tudo é novo para mim. Estamos no terceiro lugar do campeonato e vamos para a próxima corrida sem handicap, o que acaba por ser um aspecto positivo”, apontou o piloto de Torres Vedras.

 

A próxima ronda do International GT Open disputa-se em Hockenheim nos próximos dias 25 e 26 de Maio.

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos