Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - GRANDE PRÉMIO HISTÓRICO DE PAU

Terça, 28 Maio 2019 18:55 | Actualizado em Domingo, 20 Outubro 2019 02:25

Grand Prix Historique de Pau
Iberian Historic Endurance
Corrida 2


•        Pedro Macedo Silva bisa em Shelby Cobra
•        Mini Cooper S de Philippe Quiriere vencedor do BRM Index Performance e na classe Gentlemen Drivers Spirit
•        Meteorologia presenteia os pilotos com um bonito sol e céu azul, para uma corrida ainda mais aguerrida e interessante

O segundo dia do Grand Prix de Pau Historique contou com um paddock e corridas ainda mais composto, com a meteorologia a ajudar bastante à festa deste circuito citadino. Pedro Macedo Silva sagrou-se vencedor da segunda corrida do Iberian HIstoric Endurance, no fantástico Shelby Cobra com o pequeno Mini Cooper S de Philippe Queriere a vencer a categoria mais importante, o BRM Index Performance.
A segunda corrida do Iberian Historic Endurance começou sem grandes percalços, com alguns carros menos potentes obviamente a perderem algumas posições logo após a partida. Os três primeiros lugares foram assumidos pelo vencedor de sábado com Pedro Macedo Silva em Shelby Cobra a liderar, seguido por Joaquim Jorge em Ford GT40 e Carlos Barbot em Merlyn MK4. Os olhos dos espectadores focaram-se assim na luta pela quarta posição, com Philippe Quiriere em Mini Copper S a tentar defender-se dos ataques de Savinien Legeleux / François Legeleux em Lotus Seven S2, Paul Conway em Morgan +8 Moss Box, e Lucien Guitteny / Maxime Bochet em Alfa Romeo Giulia Sprint GTA.
No longo pelotão, agora com as condições de aderência diferentes, existiam grandes mudanças, com destaque para o Ford Escort de Miguel Ferreira / Francisco Carvalho a subir mais de 10 posições e também Bernard Felix / Nicholas Cauchoix em Lotus Seven S1 a efectuarem mais de 15 ultrapassagens.
Na habitual troca de pilotos existem sempre muitas mudanças na classificação, com o Escort Português a conseguir alcançar a quarta posição e primeiro dos H-1971, que acabaria por ter o terceiro lugar final após penalização de Carlos Barbot devido ao não cumprimento na totalidade do seu Handicap. Mesmo assim, o piloto do Merlyn conservou o segundo lugar da categoria H-GTP, logo à frente da dupla pai e filho Savinien e François Legeleux.
Depois da vitória de ontem do Morgan, a categoria foi ganha pelos Escorts H-1971, com Paul Conway em Morgan +8 a terminar esta corrida em segundo lugar, acompanhado por Jean Marc Bussolini num bem preparado Porsche 914/6 Francês.


Já na categoria H-1976, vitoria surpresa por Michel Mora, que aproveitou a penalização dada ao vencedor da corrida de ontem, o Porsche 911 de Stephane Codet / Jerome Gouvet para a vitoria final. Na terceira posição, repetiu Antonio Cubero o terceiro lugar num forte fim-de-semana.
A categoria Gentlemen Driver Spirit, para viaturas até 1300 e outras viaturas de menor performance foi ganha novamente pelo Mini Cooper S de Philippe Quiriere, seguido de Lucien Guitteny / Maxime Bochet em Alfa Romeo Giulia Sprint GTA e Xavier Dayraut em Porsche 911 SWB. Philipe Quiriere voltou a ganhar um premio cortesia do patrocinador da classe “Casa do Governador”.
Nos H -1965, o grande vencedor do fim-de-semana já referido acima Pedro Macedo Silva, foi seguido pelos irmãos Jacques Tillos / François Tillos em Mini Morris Cooper e Carlos Beltran / Pablo Tarrero em Porsche 356 pre-A.
A categoria mais importante do Iberian Historic Endurance, o BRM Index Performance, foi ganha pelo pequeno Mini Morris Cooper S de Philippe Quiriere, que levou para casa um fantástico relógio da luxuosa marca BMR Chronographs Spain. No segundo lugar Carlos Beltran / Pablo Tarrero em Porsche 356 pre-A e na terceira posição Eugenio Fernandez / Alberto Casabella Rodriguez em Matra Bonnet DJET 5.
Para Diogo Ferrão, “Com um dia de sol fantástico dá muito mais prazer guiar num circuito citadino. Os pilotos querem aproveitar todos os milímetros de pista, o que fez com que a corrida acabasse por ser muito mais animada. Agora o Historic Endurance ruma ao Jarama Classic, onde se esperam mais lutas e grelhas tão recheadas como as que presenciamos no Grand Prix de Pau Historique”. afirmou o responsável.

A próxima paragem do Iberian Historic Endurance acontecerá em território espanhol, no Jarama Classic, a 15 e 16 de Junho.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos