Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - HENRIQUE CHAVES EM 3ª NO GT OPEN

Terça, 28 Maio 2019 18:58 | Actualizado em Terça, 15 Outubro 2019 17:06

Henrique Chaves cimenta 3º lugar do Campeonato

 

Henrique Chaves terminou no quinto posto a segunda corrida da ronda de Hockenheim do International GT Open, mantendo o terceiro lugar no Campeonato de Pilotos.

 

O português iniciou bem o dia, envolvendo-se na luta pela pole-position na qualificação que definiu a grelha de partida para a prova de domingo. Apesar de ter apenas um jogo de pneus novos contra dois dos seus adversários, devido à limitação que trazia de Paul Ricard, assegurou o quarto lugar a apenas setenta e oito milésimos de segundo da melhor marca, uma posição que lhe abria perspectivas para um bom resultado.

 

Henrique Chaves arrancou bem para a corrida, envolvendo-se na luta pelo terceiro lugar e, apesar da dureza da contenda, ganhou uma posição, passando a perseguir o segundo classificado.

 

Apesar da proximidade do adversário que o precedia, foi-lhe impossível lançar um verdadeiro ataque à vice-liderança, optando por passar a gerir os pneus a meio do seu turno. Contudo, na ponta final, voltou a subir o seu ritmo, assinando aquela que era então a volta mais rápida da corrida. O português voltaria a colar-se segundo classificado, situação em que entregou o McLaren 720S GT3 #59 a Martin Kodric.

 

Com dez segundos de handicap, o croata estava na quarta posição quando terminaram as trocas de pilotos, próximo do terceiro classificado. Já perto do final, viu-se envolvido numa intensa luta pelo degrau mais baixo do pódio, mas acabou por perder uma posição, depois de ter sido obrigado por um adversário a passar por fora de pista, cruzando a linha de meta no quinto posto.

 

Após a corrida, Henrique Chaves estava agradado com o resultado, sublinhando a evolução realizada ao longo de todo o fim-de-semana. “Realizámos algumas alterações no carro e hoje estava muito mais confortável. Consegui atacar na qualificação e estive na luta pela pole-position. Na corrida, arranquei bem, tive uma luta dura pelo terceiro lugar, mas levei a melhor. Estava muito rápido, mas sem conseguir ultrapassar o segundo lugar, preferi gerir os pneus e aumentar o ritmo no final. O Martin realizou um bom turno, mas perdemos um lugar devido ao handicap e outro devido a uma manobra mais musculada de um adversário. No final foi um bom resultado num circuito que não era muito favorável ao McLaren e somámos bons pontos para o Campeonato de Pilotos. Importante foi também a forma como evoluímos ao longo de todo o evento, o que demonstra que estamos no bom caminho”, afirmou o piloto da Teo Martín Motorsport.

 

Depois do seu segundo fim-de-semana no International GT Open, e no mundo das corridas de GT, o piloto de Torres Vedras está no terceiro lugar do Campeonato de Pilotos, realizando um balanço positivo da sua passagem por Hockenheim. “Tivemos um início de fim-de-semana difícil, com alguns problemas de afinação, mas conseguimos encontrar as soluções correctas e voltámos a estar envolvidos na luta pelos lugares do pódio. Saímos daqui no terceiro lugar do Campeonato de Pilotos e com o handicap limpo para Spa-Francorchamps, um circuito que acreditamos ser mais favorável ao nosso carro. Os nossos adversários são fortes, como ficou evidente aqui, mas vamos continuar a trabalhar para mantermos a nossa competitividade”, sublinhou Henrique Chaves, que está, juntamente com o seu colega de equipa, a onze pontos dos líderes do Campeonato de Pilotos.

 

A próxima ronda do International GT Open disputa-se em Spa-Francorchamps nos próximos dias 8 e 9 de Junho.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos