Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - TEAM CONSILCAR NA BAJA DE ARAGON

Terça, 30 Julho 2019 08:27 | Actualizado em Segunda, 16 Setembro 2019 20:58

Team Consilcar com prestação
consistente na Baja Aragón

4ª melhor equipa portuguesa
Prova concluída no 22º lugar

Espanha foi o destino de Edgar Condenso e Nuno Silva este fim de semana, dupla que esteve à partida da mais emblemática prova de todo-o-terreno do país vizinho, e uma das mais exigentes do panorama mundial da especialidade, a Baja Arágon. Depois de um dia de sexta-feira concluído com o 24º posto, para hoje, sábado, estavam reservados mais 251,52 quilómetros ao cronómetro, divididos por dois setores seletivos.

A manhã começou com os 86,74 quilómetros do SS3. Uma etapa em que a dupla, ao volante do seu Opel Mokka Proto, concluiu com o 30º tempo. Uma prestação que permitiu a subida de duas posições na classificação geral, para 22º. “O setor correu-nos bem, apesar de termos andado no pó de alguns SSV, o que nos dificultou a vida, por termos de chegar a forçar para ultrapassar, e um furo obrigar-nos a parar para trocar a roda. Mas tudo bem, as corridas são mesmo assim”, explicou Edgar Condenso.

No derradeiro setor seletivo, o SS4, com 164,78 quilómetros cronometrados, a dupla voltou a assinar a 30ª melhor marca, confirmando o 22º posto final na classificação geral. “Agora, da parte da tarde, vínhamos com um ritmo mais vivo. No entanto, o carro foi abaixo num gancho e quando o tentámos pôr a trabalhar não tínhamos bateria”, contou o piloto, que deixou para Nuno Silva o desenrolar da história: Tivemos que esperar até que algum piloto parasse para nos rebocar. Bastava um pequeno puxo, mas quando nos rebocaram eu estava fora do carro e o piloto que nos ajudou arrancou a fundo, o que me obrigou a andar a correr atrás do Edgar. Apesar do tempo que perdemos, são peripécias giras e que nos fazem recordar com um sorriso na cara corridas como a de hoje”, destacou Nuno Silva.

Em termos nacionais, o desempenho do Team Consilcar ficou em evidencia: “Fomos também a quarta melhor equipa portuguesa em prova, o que, num evento que contou com tantas estruturas de topo nacionais, nos enche naturalmente de orgulho”, assinalou o navegador português, que lembrou a importância de um evento como este: “A Baja Aragón é uma prova FIA, faz parte da Taça do Mundo, e para nós, que somos outsiders, dá gosto participar pelo nível de competição que encontramos aqui, com um vasto leque de equipas e pilotos com um nível muito profissional. Em Portugal temos o Portalegre. Porém, é a última prova do calendário FIA, o que nos faz perder em termos de plantel internacional presente por a competição muitas vezes já estar decidida. Creio que neste momento faz falta uma prova ibérica, como já tivemos outrora com o Rali Transibérico. Seria uma grande mais valia para todos nós”, finalizou Nuno Silva.

Depois desta presença internacional, o Team Consilcar regressa à competição em território luso, nos dias 21 e 22 de setembro, para disputar a quinta prova do calendário do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, a Baja TT de Idanha-a-Nova.

Principais Títulos

Vencedor Taça Ibérica de Todo-o-Terreno T2 – 2018

Vencedor Troféu do Alqueva T2 - 2018

Campeão Nacional de Todo-o-Terreno T2 – 2013

1ª vitória mundial de TT da marca Isuzu – Rali Transibérico 2008 em T2


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos