Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - IBERIAN HISTORIC ENDURANCE COM MUITA LUTA EM PISTA

Terça, 17 Setembro 2019 07:48 | Actualizado em Segunda, 14 Outubro 2019 11:18

Bastos Rezende e Pais do Amaral saem da primeira linha da grelha
Corrida animada e com surpresas até ao último minuto
Porsche 356 Pre-A de Carlos Beltran/Pablo Tarrero vence o BRM Index Performance

Como é habitual, para a segunda corrida do fim-de-semana de Historic Endurance, a grelha foi formada pelas posições com que terminaram a corrida 1, realizada no Sábado. Em Jerez de La Frontera não foi diferente, mas houve algumas alterações de última hora.
Bastos Resende/Pais do Amaral saíram, assim, da primeira linha da grelha com o seu imponente Porsche 911 3.0 RS e logo com outro Porsche idêntico, de Carlos Brízido/Pina Cardoso atrás. Infelizmente, com problemas no motor, Carlos Barbot não quis arriscar e não alinhou o seu Lotus Elan no terceiro lugar da grelha para a segunda corrida. O rápido Ford Escort RS 1600 de Miguel Ferreira/Francisco Carvalho ficava logo ali no quarto lugar. Um dado importante, até porque o espanhol Antonio Gutierrez, com o seu Porsche 2.5 ST, que discute a categoria H71 com o Ford da dupla portuguesa, não estava muitos lugares atrás na grelha. No grupo dos Gentleman Drivers Spirit, Nuno Nunes, com o seu Porsche SWB era o mais adiantado na grelha, tendo Luís Gama Rocha com o seu Ford Cortina Lotus quatro lugares atrás de si, ficando com outro Porsche 911 SWB de Piero Dal Maso ao seu lado. O Porsche 911 3.0 RS de Vaz/Soares saía la de trás e o espetacular Ford Escort MKI de Filipe Nogueira/Carlos Cruz do último lugar da grelha por não terem terminado a corrida 1.
 
Primeira metade sem sobressaltos, mas final cheio de drama
Com o arranque lançado, o bem preparadpo Porsche de Bastos/Pais do Amaral desde logo se impôs para começar a cavar segundo atrás de segundo aos restantes concorrentes. Surpreendentemente, o BMW 323i de Jorge Cruz roda no segundo lugar, com o veloz Ford Escort RS1600 de Miguel Ferreira/Francisco Carvalho logo ali à espreita. Carlos Brízido/João Pina Cardoso discutem o quarto lugar com o Porsche de Martinez/Fuster. Enquanto isso, a dupla Filipe Nogueira/Carlos Cruz com o Ford Escort MKI inicia uma recuperação desde o último lugar da grelha. Lá atrás delicioso ver a luta do Datsun 1200 de Francisco Freitas com o Fiat 127 de Nuno Dias. O português Nuno Nunes, de Porsche 911 SWB luta com o Porsche 914 do espanhol De La Torre, no meio do pelotão, enquanto Jorge Guimarães com o seu Volvo 121 tem que se cuidar com o Porsche 911 SWB de Dal Maso. José Carvalhosa, de Porsche 2.5 ST debatia-se com o Porsche idêntico de António Gutierrez e antes das paragens obrigatórias nas boxes, o Ford Escort MKI de Filipe Nogueira/Carlos Cruz já roda em sétimo, depois de andar algum tempo junto com o Alfa Romeo GTAm de Bruno Duarte/Filipe Silva. Mais atrás, a dupla pai e filho, Francisco Pinto Abreu/Tomás Pinto Abreu, encontravam no Alfa Romeo GTAm de Santos/Petiz um concorrente à altura, mas depois da paragem nas boxes, o seu handicap nunca mais permitiu que se voltassem a misturar numa luta mais animada. Por falar em paragens nas boxes, a abertura da janela quando faltava meia hora para o final da corrida, viu o Ford Escort RS 1600 Ferreira/Carvalho e o Porsche 911 3.0 RS de Brizído/Cardoso serem os primeiros voluntários a entrar para o Pit lane, quando seguiam em terceiro e quarto, respetivamente. Quem não foi afetado foi o Porsche de Bastos/Pais do Amaral que seguia líder até ao final. Em aberto estavam agora os restantes lugares do pódio. O Ford Escort RS1600 de Ferreira/Carvalho seguia em segundo, o Porsche 911 3.0 RS de Brízido/Pina Cardoso em terceiro e logo ali atrás vinha outro Porsche idêntico dos espanhóis Martinez/Fuster a ganhar terreno. A escassos cinco minutos do final o Porsche de Brízido/Cardoso, que vinha em terceiro, “calou-se”, o que obrigou à sua desistência. Ferreira e Carvalho levaram o Ford Escort RS 1600 ao segundo lugar da geral e venceram a categoria H71, enquanto no terceiro posto ficou a dupla espanhola Martinez/Fuster com um Porsche 3.0 RS, que fazem também o segundo lugar da categoria H76. Os terceiros desta categoria H76 são Nogueira/Cruz, que trouxeram o seu Ford Escort MKI desde o último lugar, encetando uma excelente recuperação. António Gutierrez leva o seu Porsche 2.5 ST a segundo da categoria H71, depois de uma luta com o Porsche idêntico de José Carvalhosa, que fecha o pódio da categoria. Na categoria Gentleman Drivers Spirit,

Luís Gama Rocha consegue vencer a guerra com o Porsche 911 SWB de Nuno Nunes para levar o seu Ford Cortina Lotus ao lugar mais alto do pódio. No terceiro lugar desta categoria fica a divertida dupla inglesa Bateman/Upsdell, com outro característico Ford Cortina Lotus. Na luta entre o Fiat 127 e Datsun 1200 foi o Fiat 127 que levou a melhor. Logo atrás vinha outro Datsun 1200 do espanhol Guillermo Velasco se divertiu a lutar com o precioso Porsche 956 Pre-A, dos também espanhóis Carlos Beltran/Pablo Tarrero, estes últimos que acabaram por vencer a categoria H-65 e também a mais importante competição do Historic Endurance, o BRM Index Performance.
Uma nota para o desempenho do Ford Escort RS 2000 de Paulo Vieira/Ricardo Pereira, que vieram do Grupo 1 Portugal “visitar” as corridas de Historic Endurance e que chegaram a rodar num excelente sexto lugar, mas o motor do Ford não quis colaborar quando faltavam apenas 5 minutos para o final da corrida. também com o modelo alemão a não querer colaborar.

Podem encontrar a tabela de classificação da corrida 2 e do BRM Index Performance, clicando nos botões respetivos mais em baixo deste email.

A competição do Historic Endurance regressa agora a terras portuguesas para participar no grande evento Estoril Classics, no Autódromo do Estoril, nos dias 12 e 13 de outubro. Para mais informações ou fotografias em melhor resolução, por favor utilize os contactos mais em baixo deste email.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos