Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - PARENTE SEM SORTE

Terça, 24 Setembro 2019 09:33 | Actualizado em Sábado, 12 Outubro 2019 17:39

Combustível rouba segundo lugar a Álvaro Parente


Álvaro Parente não teve a sorte do seu lado na primeira corrida da ronda de Road America do Blancpain GT World Challenge America, abandonando a duas voltas do fim, quando um segundo lugar estava garantido.
 
A jornada da pista situada nos arredores de Elkhart Lake iniciou-se com as sessões de qualificação, tendo o colega de equipa do português, Andy Soucek, assegurado o quarto lugar na grelha de partida para a primeira prova do fim-de-semana.
 
O arranque correu bem ao espanhol, tendo subido a terceiro, posição em que se manteve ao longo de todo o se turno e em que entregou a Álvaro Parente o Bentley Continental GT3 da K-PAX Racing, estavam disputadas dezanove voltas.
 
O piloto do Porto saiu das boxes disposto a andar no limite e imediatamente passou a rodar nos limites do potencial do seu carro com o intuito de ganhar mais posições na classificação. A sua oportunidade haveria de chegar já perto do final, a cinco minutos da bandeirada de xadrez, através de um Safety-Car que entrou em pista para que um carro que parara em pista com problemas técnicos fosse recuperado.
 
No recomeço, aproveitando a presença de concorrentes dobrados, Álvaro Parente não deixou escapar a oportunidade e, numa manobra decisiva, subiu a segundo, parecendo ser o resultado que o esperava na linha de meta.
 
No entanto, pouco depois, o carro inglês número nove baixava de ritmo subitamente, sendo o motivo falta de combustível. Durante o reabastecimento, não entrou no depósito toda a gasolina que estava planeada, deixando o português numa situação difícil, que passou grande parte do seu turno a gerir o consumo.
 
No final, a gasolina era demasiado pouca e Álvaro Parente não pôde cruzar a linha de meta, ficando classificado no nono posto. “Foi decepcionante. Vencer era quase impossível, dado que o Ferrari estava muito forte, mas o segundo lugar estava ao nosso alcance e, sem problemas, seria esse o nosso resultado. Desde cedo que fui informado pela equipa que não tínhamos gasolina para terminar a corrida e tivemos de gerir muito bem o consumo. Mas acabou por não chegar. É frustrante, mas as corridas são assim”, afirmou o português.
 
O piloto do Porto alinha para a corrida de domingo do sexto lugar da grelha de partida, mas nem por isso deixa de estar empenhado em garantir um bom resultado que marque a sua passagem deste ano por Road America. “Vamos atacar e procurar garantir uma boa classificação. Com o resultado da primeira prova, a luta pelo título ficou quase impossível, portanto, vamos dar o máximo em cada corrida, tentar vencer cada uma delas e, depois logo vemos. Vamos à luta”, sublinhou Álvaro Parente.
 
A segunda corrida da ronda de Road America do Blancpain GT World Challenge America terá o seu início às 20h15, Hora de Lisboa, podendo ser seguida em directo através do website da competição.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos