Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - BIANCHI PRATA EM 11º

Segunda, 30 Setembro 2019 10:41 | Actualizado em Domingo, 20 Outubro 2019 13:42

Pedro Bianchi Prata em 11º no Panafrica Rally

Estreias positivas de Arcélio Couto e Jairo Alves

 

Pedro Bianchi Prata ficou muito perto de conseguir conquistar um lugar no TOP 1O do Panafrica Rally que hoje disputou a sua derradeira etapa. O piloto e team manager do Team Bianchi Prata teve um desempenho muito positivo nesta exigente maratona onde foram percorridos 1500 km cronometrados em seis dias. E terminou a prova na 11ª posição, enquanto os seus companheiros de equipa, os estreantes Arcélio Couto e Jairo Alves completaram a prova respetivamente em 21º lugar entre as motas e no 5º lugar entre os quad.

 

Na especial de 50 quilómetros cronometrados que hoje se disputou totalmente em areia, Pedro Bianchi Prata realizou o 14º tempo. No final da corrida, visivelmente satisfeito, explicou o que faltou para alcançar um lugar no TOP 10. “A especial correu bem. Tentei atacar para chegar ao décimo lugar, mas foi difícil. Ainda consegui ganhar a especial ao meu adversário, mas ele também andou bem e não foi suficiente. Mas, foi uma especial muito engraçada com dunas bastante técnicas e grandes. Foi um rali duro que vai ficar na nossa memória porque sofremos bastante para chegar ao fim especialmente devido ao calor.  A organização do Panafrica está de parabéns pela prova que montou. Existem certas arestas que precisam de ser limadas, mas entendemos que é um rali recente e é normal haver situações a retocar. Mas gostei muito desta prova. Foi sem dúvida um rali espetacular”.

 

Arcélio Couto termina a especial do dia no 24º lugar, com um sentimento de dever cumprido “O dia de hoje correu bem. O objetivo era terminar a etapa sem qualquer problema, o que foi conseguido. O rali foi espetacular. Diverti-me imenso. Mas, houve partes de muito sacrifício devido ao calor e ao mau piso. Mas, consegui chegar ao fim e estou muito feliz. Quero agradecer ao Pedro Bianchi Prata pela assistência e pelos ensinamentos que me deu para vir fazer este rali sem qualquer problema. Agradeço também a todos os colegas de equipa. Foi uma experiência espetacular e para o ano quase de certeza que regressarei”.

 

A prestação de Jairo Alves foi marcada por alguns percalços em ano de estreia no Panafrica Rally, mas à chegada mostrava-se satisfeito por conseguir terminar a prova. “A especial poderia ter corrido melhor. Ao km 20 quando estava em terceiro dos quads parto a corrente e estive parado uma hora para arranjar o quad. Logo de seguida, quando arranquei fiquei sem caixa de velocidades. Tive de rodar 30 km nas dunas apenas em segunda o que é praticamente impossível devido ao aquecimento que a mota leva. Contudo, a dois quilómetros do final o motor agarrou e não dava para continuar mais devido ao aquecimento e tive de chegar ao fim a empurrar a mota. Estou contente por ter acabado. Tive muitos percalços, mas saio daqui satisfeito com a experiência e tenho a certeza que para o ano estarei cá ainda mais forte e vou corrigir alguns erros e fazer melhor”, afirmou o piloto que concluiu a etapa na 6ª posição entre os quad.

Mais informações sobre a prova e classificações em: https://panafricarally.com/ ou em https://www.facebook.com/panafricarally


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos