Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIROS - VELOSO MOTORPSOR EM ESPANHA

Segunda, 11 Junho 2018 11:33 | Actualizado em Terça, 13 Novembro 2018 00:04

A Veloso Motorsport esteve em grande plano na terceira jornada do Campeonato Espanhol de Resistência - GT, que este fim-de-semana se disputou no Circuito de Navarra. A equipa portuguesa venceu com Pedro Marreiros e Nuno Batista, as duas corridas da competição na sua categoria, conseguindo ainda colocar a “cereja no topo do bolo” com um primeiro e um segundo lugar em termos absolutos! 

 

Nuno Batista e Pedro Marreiros foram a dupla em destaque nesta jornada, com a dupla da Veloso Motorsport a defender a liderança nesta competição, contando para isso com um Porsche 911 GT3 Cup no pleno da sua forma. Deitando para trás os azares das provas anteriores, Jorge Rodrigues - desta vez  solo -, conseguiu desta feita completar as duas corridas com o Maserati Trofeo MC GT4, garantindo mais dois preciosos pódios na sua categoria para a equipa da Póvoa do Lanhoso em Navarra.

 

“Este foi um fim-de-semana quase perfeito para nós. Começou com alguma dificuldade dado não conhecer-mos o circuito, que nem nos simuladores conseguimos encontrar. Ainda assim a adaptação foi rápida e conseguimos desde logo uma boa afinação para o Porsche e com isso andar bem e nos lugares da frente. Nas corridas tanto eu como o Nuno conseguimos boas partidas e tirando partido do equilíbrio que a nossa dupla tem, que nos permite aos dois rodar em tempos muito próximos, fomos capazes de ultrapassar as dificuldades criadas pelos adversários e concretizar os nossos objectivos.” Disse Pedro Marreiros.

 

“Tal como o Pedro referiu, esta jornada foi praticamente perfeita, com uma vitória absoluta e um segundo lugar a deixarem-nos orgulhosos das nossas prestações. O carro esteve impecável e a Veloso Motorsport mostrou-se mais uma vez de uma competência e entrega exemplares, sendo uma ajuda fundamental para chegarmos rapidamente a um bom “set up” e com isso ser desde logo muito competitivos. Em ambas as corridas acabamos por não ser demasiadamente penalizados pelos tempos de paragem superiores nas boxes que tínhamos de cumprir e isso permitiu-nos não só estar sempre na luta pela vitória, mas também e como se viu, vencer!” Referiu Nuno Batista. 

 

“Desta vez as coisas correram melhor e pude mostrar em pista que somos competitivos e estamos cá para ganhar. Por azar entraram novos pilotos nesta prova e por isso não tinham handicap nenhum, o que nos penalizou na luta directa. Ainda assim andei na liderança por erros deles, mas depois foi complicado. Perdi o primeiro lugar a quatro voltas do fim e baixei a terceiro mesmo na última volta da primeira corrida. Para a segunda corrida, apesar de partir em segundo, a história já foi diferente, embora terminasse na mesma no terceiro lugar. Andei sempre em terceiro, apesar de ter um andamento mais forte, não tinha grande coisa a fazer. Na próxima corrida eles já vão ter o handicap do Europeu e as coisas podem ser diferentes. Afirmou Jorge Rodrigues através da sua assessoria.

 

O Campeonato Espanhol de Resistência - GT faz agora uma longa pausa, regressando ao activo no circuito madrileno de Jarama a 6 e 7 de Outubro.  


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos