Velocidade Online

Nacional - Karting

CAMPEONATO PORTUGAL KARTING

Quarta, 24 Novembro 2021 07:02 | Actualizado em Terça, 30 Novembro 2021 13:00

Com cinco pilotos em três categorias distintas, a Escola de Karting do Oeste (EKO) – em parceria com a Birel ART Portugal – foi uma das principais protagonistas nos IAME International Games 2021. Na categoria X30 Sénior, considerada a classe-rainha, a equipa sedeada no Bombarral viu os seus pilotos com ritmo para integrar o top-5, competindo de igual para igual com nomes tão sonantes como o britânico Callum Bradshaw, campeão do mundo FIA. Nas restantes categorias, na X30 Júnior e na X30 Mini, os seus pilotos também estiveram em evidência.   

A Escola de Karting do Oeste, em parceria com a Birel ART Portugal, viveu dias intensos no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão, novamente palco dos IAME International Games, competição disputada por 132 pilotos distribuídos por três categorias. Na categoria X30 Sénior, com 58 participantes de diferentes nacionalidades, Santiago Ribeiro foi o 6.º mais rápido nos treinos cronometrados, ficando apenas a 0,283s da melhor volta, alcançada pelo britânico Sean Butcher. Nas mangas de qualificação, o piloto da Ericeira começou por ser garantir o 11.º lugar, mas depois dois acidentes obrigaram-no a disputar a corrida de repescagem para a Final, na qual fez uma excelente corrida, já que partiu da 21.ª posição e terminou no 8.º lugar, não sendo, contudo, suficiente para se apurar para a corrida decisiva, dado que se qualificavam os seis primeiros.

Frederico Peters, apesar de ter sido o 21.º mais rápido nos treinos cronometrados, esteve sempre em destaque nas restantes fases da prova. Nas mangas de qualificação, o piloto de Évora começou por somar um 5.º, um 4.º e um 7.º lugares, mas, na última manga, quando liderava, um adversário colocou-o fora de pista, sendo forçado a arrancar na Pré-Final da 23.ª posição, quando poderia largar das primeiras posições. Mesmo assim, Frederico Peters – campeão nacional em título – recuperou até ao 16.º lugar e esteve na luta pela 4.ª posição na Final, acabando, contudo, por ver a bandeira xadrez no 7.º lugar, sendo depois penalizado com cinco segundos (acontecendo o mesmo com outros onze pilotos por terem o spoiler dianteiro danificado), pelo que foi 15.º classificado, numa prova em que o vencedor foi o britânico Callum Bradshaw, campeão do mundo FIA da categoria OK.

Na categoria X30 Júnior, Santiago Alves – que há uma semana conquistou o segundo lugar do pódio na Taça de Portugal de Karting – voltou a notabilizar-se nos IAME International Games, já que na edição de 2020 fez uma recuperação notável desde o 29.º ao 13.º lugar na Final da categoria X30 Mini. Agora, integrado num pelotão bem mais aguerrido e experiente, o piloto de Sintra, apesar de ter sido o 29.º mais rápido nos treinos cronometrados, conseguiu fazer uma prova em crescendo, ao garantir um 16.º, um 10.º e depois um 7.º lugar nas mangas de qualificação, resultados que somados lhe permitiram largar da 20.ª posição na Pré-Final, corrida em que viu a bandeira xadrez no 16.º lugar. Na corrida decisiva, numa altura em que ocupava a 12.ª posição, Santiago Alves foi forçado a abandonar devido a um incidente, quando poderia perfeitamente terminar dentro do top-10, numa prova em que o vencedor foi o francês Andy Ratel.            

Ainda na categoria X30 Júnior, Pedro Cachada foi o 11.º mais rápido nos treinos cronometrados, mostrando assim que também era capaz de terminar a competição nos lugares da frente, mas não teve a sorte do seu lado nas mangas de qualificação, sendo mesmo forçado a disputar a corrida de repescagem para a Final, na qual foi segundo classificado, a 0,145s de bater o holandês Bas Verdoold. Na Pré-Final, o piloto de Esposende sofreu uma penalização e foi 32.º classificado, enquanto que na Final acabou por ficar com a 28.ª posição, também devido a uma penalização. Uma prova com muitos contratempos para Pedro Cachada.     

Gustavo da Silva foi o 14.º mais rápido nos treinos cronometrados da categoria X30 Mini e nas mangas de qualificação esteve sempre em evidência, já que garantiu um 8.º, um 5.º e um 10.º lugares, assegurando assim a 12.ª posição na grelha de partida da Pré-Final. Contudo, nesta corrida acabou por ser forçado a abandonar à passagem da segunda volta, conseguindo depois, na Final, cruzar a meta na 17.ª posição, sendo, entretanto, 23.º classificado devido a uma penalização.

Em suma, a Escola de Karting do Oeste, em parceria com a Birel ART Portugal, confirmou igualmente o seu talento num grande palco internacional, num ano em que conquistou três títulos de campeã nacional, assim como também venceu duas categorias do Rotax Max Challenge Portugal.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos