Velocidade Online

Nacional - Todo o Terreno

CAMPEONATO PORTUGAL TODO O TERRENO 2023 - BP ULTIMATE EM FORÇA NA BAJA DE LOULÉ

Quarta, 24 Maio 2023 23:29 | Actualizado em Sábado, 17 Fevereiro 2024 23:29

BP Ultimate Adventure Team em força na Baja de Loulé

 

Martim Ventura e David Megre na competição moto e Luis Portela Morais juntamente com Lourenço Rosa na competição auto, são os quatro pilotos do BP Ultimate Adventure Team que vão entrar em ação no próximo fim-de-semana na Baja Loulé, quarta jornada dos Campeonato Nacional e de Portugal de Todo-o-Terreno, que terá o seu centro nevrálgico no Estádio do Algarve e que vai percorrer pistas dos concelhos de Loulé, Alcoutim, Tavira, Almodôvar e São Brás de Alportel. Infelizmente a equipa não estará completa já que Miguel Barbosa inscrito na prova viu-se uma vez mais impossibilitado de participar na corrida devido a mais um atraso na entrega da sua Toyota T1+ que já deveria ter recebido no início da temporada.

 

Martim Ventura, em luta pelo título nacional absoluto, avança para a prova algarvia depois de já este ano ter conquistado uma vitória e dois segundos lugares. "Gosto muito desta prova. É uma competição que me agrada a mim, mas também ao meu mais direto adversário. Creio que será uma disputa muito interessante, mais uma a esse nível, sendo que o meu foco continua a ser tentar conquistar o título", salienta o atual campeão júnior da modalidade.

 

Muito motivado pelo seu novo projeto e pela conquista de uma vitória na jornada espanhola da Taça do Mundo FIM de Bajas e Campeonato da Europa de Bajas, David Megre apresenta-se na Baja Loulé depois de uma lesão contraída há um mês, que o obriga a ser mais comedido nos objetivos traçados para esta jornada. "Na Ferraria já estava mais à vontade com a mota, mas a lesão que contraí na mão não me tem deixado treinar. Espero que até à prova a lesão melhore para poder rodar no máximo das minhas capacidades", refere o consagrado piloto.

 

Reconhecidamente um dos mais rápidos pilotos de SSV em Portugal, Luís Portela de Morais não tinha inicialmente previsto disputar esta prova algarvia, "mas dada a competitividade do campeonato vale a pena manter a forma e o ritmo. É uma corrida que gosto muito, embora já não a faça há alguns anos. Nas motas sempre fui muito rápido. Corri uma vez de SSV e também consegui ser rápido pelo que espero poder agora fazer também uma boa corrida e tentar alcançar um bom resultado, sendo que a concorrência é fortíssima. Espero nesta prova não ter problemas no prólogo como infelizmente aconteceu nas duas corridas anteriores. É uma corrida de treino para o que iremos fazer a nível internacional: o Rally de Marrocos e talvez o Dakar", refere Luís Portela de Morais que será navegado por Tomás Neves aos comandos de um G Rally OT3.

 

Lourenço Rosa esteve durante as três últimas semanas hesitante relativamente à participação na Baja Loulé, mas "optámos por vir e vamos também fazer a Baja Aragón. Eu e o Joaquim Dias estamos focados e apresentamo-nos nesta prova algarvia com muita vontade e também muita convicção. O nosso companheiro João Ferreira vai estrear um T1+, o que é mais um pretexto para andar bem e tentar andar na frente. Nas duas primeiras provas da temporada tivemos alguns problemas mecânicos que já foram resolvidos. Também registámos nas últimas duas corridas alguns problemas de navegação. A navegação está mais difícil comparativamente com alguns anos atrás, mas também estamos a aprender com os erros que fizemos para não os voltar a repetir. A nossa Toyota está bem, a equipa é boa, os patrocinadores são bons, os adeptos seguem-nos e agora temos de tentar que tudo corra bem e conseguir um bom resultado", refere o piloto que irá disputar a Baja Loulé aos comandos da Toyota Hilux T1+ estreada na Baja Portalegre 500.

 

A 33ª edição da Baja de Loulé, competição organizada pelo Clube Automóvel do Algarve destina-se a pilotos Moto, Quad, SSV e Auto. Esta jornada reserva aos concorrentes um Prólogo de 5.030 km, a disputar na manhã de sábado, dia 27 de maio, estando guardado para a parte da tarde o primeiro setor seletivo de 165 km cronometrados. No domingo, dia 28 de maio, disputa-se o segundo e derradeiro troço cronometrado, uma segunda passagem pelo troço do dia anterior.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos