Velocidade Online

Mundial - Ralis

CAMPEONATO MUNDO DE RALIS 2024 - NOVO PNEU SCORPION DA PIRELLI BRILHA NA ESTREIA NO VWRC VODAFONE RALI DE PORTUGAL

Terça, 14 Maio 2024 08:02 | Actualizado em Segunda, 27 Maio 2024 20:08

NOVO SCORPION BRILHA NA ESTREIA NO RALI DE PORTUGAL
 
 
 Os novos pneus Scorpion passaram no exigente teste do Rali de Portugal, com Sebastien Ogier, piloto da Toyota, a bater a concorrência num rali cheio de emoção e que contou com diversas alterações na classificação. Ott Tanak, que venceu o Super Sunday, e Thierry Neuville, que levou a melhor na Power Stage, termiaram na segunda e terceira posição respetivamente.
 
Entre as principais características de um rali que, em alguns aspetos, foi atípico, foi o facto de o piso da estrada estar muitas vezes escorregadio durante a manhã, especialmente para os primeiros carros, devido ao orvalho, com menos terra do que o habitual, o que colocou vários desafios no que à aderência diz respeito.
 
Nestas condições, o composto macio Scorpion KX WRC SB, foi, sem surpresas, o principal, tendo sido de longe a escolha preferida dos pilotos de Rally1, que só optaram pelo duro na tarde de sexta-feira, para a segunda passagem daquele que foi o dia mais exigente de todo o rali.
 
 
CITAÇÃO PIRELLI
 
Terenzio Testoni, responsável pelas atividades de rali da Pirelli: “Estamos muito satisfeitos com os novos pneus, especialmente os macios, que provaram ser adequados para as superfícies molhadas e frias encontradas pela manhã, bem como para as condições de piso seco à tarde, quando foram usados em combinação com o composto duro, criando uma grande sinergia. Essa versatilidade, combinada com uma maior resistência, crucial para eventos como o de Portugal, é derivada das tecnologias runflat desenvolvidas pela Pirelli. É um desenvolvimento contínuo como este que serve para ultrapassar sempre os limites com soluções projetadas para os carros de topo que depois se espalham para todos os outros. Quanto à corrida, os meus elogios vão obviamente para Ogier, mas também para os pilotos da Hyundai que lutaram até ao fim, especialmente Tanak que merecia mais sorte. Takamoto também fez um excelente trabalho ao dominar a primeira parte do rali.”
 
No WRC2 Jan Solans, da Toyota, superou Josh McEarlan e Joona Lauri, ambos ao volante de um skoda, e aproveitou da melhor forma o azar que se abateu sobre Oliver Solberg, Gus Greensmith e Yoan Rossel, que lideraram a categoria até cerca de metade da prova.
Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos