Velocidade Online

Mundial - Outras Fórmula

CAMPEONATO MUNDO DE FÓRMULA E - MASERATI VENCEU EM TÓQUIO

Terça, 02 Abril 2024 19:44 | Actualizado em Sábado, 15 Junho 2024 21:30

MASERATI MSG RACING VENCE EM TÓQUIO


Maserati MSG Racing e Maximilian Günther vencem primeiro E-Prix de Tóquio

A corrida em números

Maximiliano Günther

1º Treino Livre // 3º

2º Treino Livre // 3º

Qualificação // 2º [1:19.044, Final]

Corrida // 1º

Lugares conquistados // +1

Volta mais rápida // 1:21.699

Lugar no Campeonato // 5º [48 pontos]

 

Jehan Daruvala

1º Treino Livre // 16º

2º Treino Livre // 20º

Qualificação // 17º [1:20.395, Grupo A]

Corrida // 18º

Lugares conquistados // -1

Volta mais rápida // 1:22.568

Lugar no Campeonato // 21º [0 pontos]

 

Maserati MSG Racing

Lugar no Campeonato // 7º [48 pontos]

 

Em detalhe

A Maserati MSG Racing garantiu a vitória no E-Prix de Tóquio 2024, com Maximilian Günther a vencer a corrida inaugural do Campeonato do Mundo de Fórmula E da FIA no Japão.

Max, que iniciou o fim de semana em boa forma, depois de ter evidenciado uma forte recuperação em São Paulo, duas semanas antes, deu mostras de um ritmo competitivo ao longo dos treinos, e ficou em terceiro lugar nos treinos livres 1 e 2.

Na qualificação, o jovem de 26 anos continuou a tirar o máximo partido do seu desempenho, e, ao fazer o melhor tempo do Grupo B, garantiu o seu lugar na fase de duelos.

Ao derrotar Pascal Wehrlein, da Porsche, nos quartos de final, Max enfrentou Sergio Sette Camara na penúltima fase, mas venceu o piloto da ERT no confronto direto para disputar a Final.

Na Final, Max exibiu um desempenho lutador face a Oliver Rowland, mas perdeu a pole position por apenas 0,021 segundos, arrancando em segundo. Entretanto, o seu companheiro de equipa, Jehan Daruvala, qualificou-se no 17.º lugar para a quinta corrida da sua carreira na Fórmula E.

Arrancando do lado sujo do circuito, Max perdeu, infelizmente, o segundo lugar na linha de partida para Edoardo Mortara, ao passo que Jehan levou a cabo uma volta de abertura precisa, calculada e oportuna, que lhe permitiu recuperar terreno.

À medida que a corrida evoluía, Max rapidamente entrou no ritmo, mas tirou partido da sua estratégia do Modo de Ataque, ultrapassando Mortara e Rowland para chegar à liderança, antes de fazer a sua primeira ativação na 14.ª volta.

Max regressou à corrida em terceiro, mas, com o benefício de potência adicional, ultrapassou Mortara em pista, e começou a perseguir Rowland, embora um Safety Car na volta 20 — acionado devido a detritos — tenha neutralizado a corrida até à 22.ª volta.

Depois de retomar a sua perseguição pela liderança após o recomeço, Max efetuou uma ultrapassagem crucial a Rowland na 25.ª volta, e conseguiu uma vantagem suficientemente dilatada sobre o britânico para usar o seu último Modo de Ataque sem sacrificar a posição em pista.

Apesar de enfrentar uma pressão crescente nas fases finais, Max manteve a liderança até à bandeira de xadrez para garantir a quinta vitória da sua carreira na Fórmula E, e a segunda da marca Maserati desde que se juntou à categoria de veículos totalmente elétricos na Temporada 9.

Depois de ter efetuado um forte arranque, o seu companheiro de equipa, Jehan, lamentavelmente, sofreu danos no início da corrida, após ter sido atingido por Jean-Eric Vergne na Curva Um, e terminou em 18.º lugar.

Com 48 pontos obtidos esta época, Max ocupa o quinto lugar no Campeonato do Mundo de Pilotos, enquanto a Maserati MSG Racing ocupa o sétimo lugar na Classificação de Equipas, ultrapassando a campeã em título,a Envision Racing.

A Temporada 10 da Fórmula E será retomada a 13 e 14 de abril de 2024, para o primeiro E-Prix de Misano — a corrida da marca do Tridente em casa, em Itália.

Nas suas palavras

Maximilian Günther, Piloto, Maserati MSG Racing

“Um fim de semana incrível. Estivemos entre os três primeiros em todas as sessões, e quase conseguimos a pole position, mas garantir a vitória é muito especial — todos fizeram um trabalho fantástico. Senti-me fantástico no carro, e, enquanto equipa, demos alguns passos positivos nas últimas semanas. Desde São Paulo, penso que mostrámos que temos um ritmo, realmente, muito forte, e hoje transformámo-lo numa vitória. Houve muita gestão de energia na corrida, mas protegemo-nos bem, executámos na perfeição a estratégia, e as manobras, e fizemos tudo o que tínhamos de fazer. É fantástico ganhar a primeira corrida de sempre da Fórmula E em Tóquio, e estou orgulhoso. Temos de desfrutar deste momento”.

Jehan Daruvala, Piloto, Maserati MSG Racing

“Em primeiro lugar, gostaria de dar os meus parabéns ao Max! É uma grande vitória para a equipa, e ele fez, de facto, um excelente trabalho. No que me diz respeito, o meu arranque de corrida foi bom, e fiz bons progressos nas primeiras voltas, mas, infelizmente, sofri alguns danos na asa dianteira depois de ter sido atingido de lado. Ainda tenho muito para aprender em condições de corrida, para poder maximizar o meu desempenho, mas vou continuar a trabalhar arduamente nas próximas semanas, e lutar pelos pontos em Misano”.

Cyril Blais, Chief Engineer, Maserati MSG Racing

“A corrida de hoje foi incrível, e o resultado é a concretização de meses e meses de trabalho árduo para nós, enquanto equipa. Executámos uma estratégia muito bem planeada, e decidimos ser agressivos — em vez de nos contentarmos com o pódio, optámos por lutar pela vitória, e estou muito orgulhoso do Max e da equipa, por terem feito um trabalho tão bom. Jehan teve azar hoje, e ficou de fora logo no início da corrida, sem que tenha tido qualquer culpa. Está numa curva de aprendizagem acentuada, mas continuamos a ver bons progressos da sua parte, e esperamos conseguir chegar ao Top 10 com ele em Misano.  Após cinco corridas em quatro pistas muito diferentes, demos mostras de grandes promessas e potencial até agora nesta temporada. Com o nosso pacote, sabemos que podemos ser competitivos quase todos os fins de semana, o que nos dá uma grande motivação. Estou confiante de que podemos alcançar grandes feitos este ano.”

Giovanni Sgro, Head of Maserati Corse

“Que dia! Vencer em Tóquio, na primeira corrida de Fórmula E em solo japonês, é muito emocionante, e estamos felizes pelo facto de a Maserati ter assinado o seu nome na história moderna do campeonato num novo país. Max foi consistente durante todo o fim de semana; uma incrível e bem merecida vitória para toda a equipa, que nunca desiste, e, finalmente, após quatro rondas em que lutámos pelo pódio, e garantimos sempre pontos, podemos desfrutar do prémio. Desde os primeiros duelos na frente, Max estava confiante de que poderia vencer esta corrida, e fez tudo para conquistar a vitória. A corrida foi muito exigente, como sempre, quando se trata de um novo circuito, e é ainda mais gratificante ganhar num local onde ninguém sabe o que esperar. Jehan sofreu um pouco este fim de semana, mas está sempre pronto a aprender uma nova lição, corrida após corrida, e este circuito foi uma oportunidade para se preparar para a próxima ronda em Itália, onde estou certo de que será capaz de ter um bom desempenho, ansioso por mostrar, também, o seu talento. Estou muito orgulhoso de todos hoje, e não podíamos estar mais felizes antes da nossa corrida em casa, em Misano; esta vitória é um verdadeiro impulso, e mal podemos esperar para voltar à pista e mostrar do que somos capazes perante os fãs italianos. Mas, agora, vamos festejar!”

 

Maserati S.p.A.

A Maserati produz uma completa gama de automóveis únicos, imediatamente reconhecíveis pela sua extraordinária personalidade. Graças ao seu estilo, à sua tecnologia e ao seu caráter exclusivo inato, satisfazem os gostos mais exigentes e refinados, desde sempre tendo sido uma referência para a indústria automóvel global. Uma tradição de automóveis de sucesso, cada qual redefinindo o conceito de automóvel desportivo italiano em termos de design, performance, conforto, elegância e segurança, atualmente disponíveis em mais de setenta mercados a nível internacional. A gama da Maserati inclui o Levante – o primeiro SUV construído pela Maserati, o Grecale, o SUV “everyday exceptional”, e o GranTurismo, o emblemático gran tourer italiano, todos modelos caraterizados pela utilização de materiais da mais elevada qualidade e de excelentes soluções técnicas. Uma gama equipada com motores híbridos de quatro cilindros – disponível para o Grecale e para o Levante, e V6 a gasolina, com tração traseira e integral, que incorpora o ADN de performance da marca do Tridente. O topo da gama é ocupado pelo superdesportivo MC20 e pelo descapotável MC20 Cielo, animados pelo revolucionário motor V6 Nettuno, 100% Maserati, que, pela primeira vez, incorpora tecnologias derivadas da F1 numa unidade motriz destinada a um automóvel de produção em série. O novo GranTurismo está disponível tanto com o motor V6 a gasolina de alta performance, derivado do Nettuno, como numa versão 100% elétrica: o GranTurismo Folgore, o primeiro automóvel na história da marca sedeada em Modena a adotar esta solução. Hoje, a gama totalmente elétrica inclui, também, o Grecale Folgore, o primeiro SUV totalmente elétrico da Maserati. A partir de 2025, todos os modelos da Maserati estarão disponíveis também numa versão totalmente elétrica, e toda a gama da Maserati será movida apenas a eletricidade a partir de 2028.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos