Velocidade Online

Mundial - Diversos

MUNDIAL - COPA TRUCK - BRASIL

Quarta, 01 Setembro 2021 20:38 | Actualizado em Terça, 30 Novembro 2021 19:16

Curitiba recebe a Copa Truck para duas etapas

Sexto e sétimo dos nove compromissos da temporada acontecem neste final de semana; classificação do campeonato tem líderes separados por apenas dois pontos

Disputas seguem por mais duas etapas em Curitiba neste final de semana (Vanderley Soares/P1 Media)

Disputas seguem por mais duas etapas em Curitiba neste final de semana
(Vanderley Soares/P1 Media)

O circuito de Curitiba tem duas curvas de frenagem bastante exigente (Tazum Vídeo)

O circuito de Curitiba tem duas curvas de frenagem bastante exigente
(Tazum Vídeo)

Wellington Cirino é o líder do campeonato (Vanderley Soares/P1 Media)

Wellington Cirino é o líder do campeonato
(Vanderley Soares/P1 Media)

Resumo do conteúdo

- Você pode baixar vídeo explicativo com os principais pontos de frenagem de Curitiba para a Copa Truck clicando neste link (versões com e seu locução). Material para livre uso editorial; você também pode conferir no YouTube clicando aqui;

- Traçado de 3.695 metros tem uma longa reta e uma apertada primeira curva que obriga reduções bruscas de velocidade e exigindo tudo do sistema de freios;

- Band, SporTV2 e o canal oficial da Copa Truck no YouTube transmitem as corridas válidas pela sexta e sétima etapas no sábado (4) e domingo (5), sempre a partir das 14 horas


==

O Autódromo Internacional de Curitiba, que fica localizado em Pinhais (PR), recebe duas etapas da Copa Truck neste final de semana. O encontro será válido pela sexta e sétima etapa em uma das pistas mais tradicionais do país que, quando inaugurada, em 1970, ficava no então distrito de Pinhais na cidade de Curitiba. Com a emancipação, em 1992, a localização do circuito passou a pertencer ao novo município, embora mantendo o nome ?Autódromo de Curitiba?.

O fato é que a pista sempre proporciona boas disputas entre os caminhões da Copa Truck e com pontos exigentes de frenagem, especialmente nas curvas 1 e 3. Na primeira, a frenagem acontece a 200 metros do final da longa reta de quase um quilômetro, onde os brutos chegam a 170 km/h (logo após a retomada de aceleração do radar obrigatório de 160 km/h) e reduzem para contornar a curva 1 a 75 km/h.

Ao final da reta oposta, os pilotos reduzem a velocidade em 95 km/h, fazendo os trucks baixarem de 180 km/h  para 85 km/h e apenas cinco segundos percorrendo uma distância de meros 180 metros com o pé no freio.

Neste cenário, a disputa pelo título segue acirrada, especialmente entre os companheiros de equipe Wellington Cirino e André Marques. A dupla da Mercedes-Benz está separada por apenas dois pontos na tabela (159 a 157) com Felipe Giaffone em terceiro, de Iveco, com 128 pontos e também de olho na disputa dos líderes.

Serão duas etapas no final de semana: uma no sábado (4), com treinos livres, tomada de tempos e as duas corridas com largadas programadas para as 14h10 e 14h45, e no domingo (5) as atividades serão válidas pela sétima etapa com a largada para as disputas também a partir das 14h10 (segunda largada 14h45). Tanto no sábado como no domingo as provas terão transmissão ao vivo por Band, SporTV2 e pelos canais oficiais da Copa Truck no YouTube e no Facebook ? a categoria transmite também as tomadas de tempo nos dois dias.

A Fras-le, maior fabricante de materiais de fricção da América Latina e um dos líderes mundiais, é a fornecedora oficial de pastilhas de freio para a Copa Truck, proporcionando eficiência e segurança nas frenagens dos caminhões mais rápidos do planeta.

Fala, piloto!
?Curitiba tem uma reta principal bem longa, mas a vantagem disso é que há bastante refrigeração, que ajuda os freios. Eficiência é muito importante. Temos duas ou três freadas muito fortes. Não é a pior pista em termos de temperatura, mas a eficiência é importante: um freio bem ajustado. É uma pista bem tradicional, muito bacana e que tem todos os tipos de curva. Estou animado?.
(Felipe Giaffone, Usual Racing, Iveco #4)

A pista de Curitiba na ótica da FRAS-LE
?O autódromo de Curitiba é uma pista que traz uma longa reta onde os pilotos podem alcançar 170km/h após o radar e antes da frenagem da primeira curva, para a qual a redução tem de ser muito forte para fazer o contorno à direita a cerca de 75 km/h. Logo em seguida, sem dar muito refresco aos freios, as curvas da Junção e Pinheirinho aumentarão ainda mais a temperatura nas pastilhas e discos, podendo chegar aos 800ºC ao longo da corrida. São três curvas com freadas extremamente exigentes; no entanto, as pastilhas da Fras-le serão grandes aliadas dos pilotos para garantir a máxima performance e ótima integridade do sistema de freios até o fim da corrida?.
(Roger Lusa dos Santos, Engenheiro de Aplicação da Fras-le)

6ª e 7 ª Etapa ? Copa Truck 2021
PINHAIS (PR)
Autódromo Internacional de Curitiba
Extensão: 3.695 metros
Sentido: horário
Curvas: 8 (6 à direita e 2 à esquerda)

Inauguração: 7 de agosto de 1970
Previsão climática: Tempo ensolarado; mínima de 19ºC e máxima de 30ºC.
Pole position em 2020: Wellington Cirino (Mercedes), 1min41s736
Vencedores em 2020: Beto Monteiro (Volkswagen) e Paulo Salustiano (Volkswagen)

PROGRAMAÇÃO DA ETAPA:
Sexta-feira, 3 de setembro
10h55 ? Treino Livre 1
14h20 ? Treino Livre 2
16h35 ? Treino Livre 3
Sábado, 4 de setembro
09h35 ? Classificatório
14h10 ? Largada Corrida 1
14h45 ? Largada Corrida 2
Domingo, 5 de setembro
08h10 ? Warm-up
09h45 - Classificatório
14h10 ? Largada Corrida 1
14h45 ? Largada Corrida 2

Vencedores até o momento na temporada:
Goiânia: 
Felipe Giaffone (Iveco) e André Marques (Mercedes)
Interlagos: Wellington Cirino (Mercedes) e Paulo Salustiano (Volkswagen)
Cascavel: André Marques (Mercedes) e Danilo Dirani (Mercedes)
Cascavel: André Marques (Mercedes) e Danilo Dirani (Mercedes)
Tarumã: André Marques (Mercedes) e Regis Boessio (Volvo)

Classificação do campeonato (Top-10 COPA TRUCK):
1. Wellington Cirino, 159 pontos
2. André Marques, 157
3. Felipe Giaffone, 128
4. Paulo Salustiano, 122
5. Jaidson Zini, 107
6. Beto Monteiro, 105
7. Roberval Andrade, 94
8. Valmir Benavides, 93
9. Luiz Lopes, 89
10. Danilo Dirani, 87

Classificação do campeonato (Top-10 SUPER TRUCK)*:
1. Felipe Tozzo, 149 pontos
2. Giuliano Losacco, 132
3. Glauco Barros, 129
4. José Augusto Dias, 110
5. Danilo Alamini, 107
6. Daniel Kelemen, 94
7. Djalma Piveta, 90
8. Evandro Camargo, 88
9. Fábio Fogaça, 82
10. Ricardo Alvarez, 66
*A classe Super Truck é destinada a pilotos com experiência recente em corridas de caminhões

Calendário Copa Truck 2021
23/05: Goiânia (GO)
27/06: Interlagos (SP)
17 e 18/07: Cascavel (PR)
15/08: Tarumã (RS)
04 e 05/09: Curitiba (PR)
03/10: Potenza (MG)/ou outro local
05/12: Curitiba (PR)

Sobre a FRAS-LE:

No mercado há mais de 67 anos e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências  nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos  mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

 A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.  

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock 
Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge.  A FREMAX, desde 2004,  também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car,  assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.

A Fras-le, seja através das suas aquisições ou no desenvolvimento de materiais mais inteligentes (mais leves, eficientes e com materiais primas mais sustentáveis) tem construído uma plataforma cada vez mais diversa, de itens fricção e não fricção, estando atenta aos movimentos e necessidades do mercado global.


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos