Velocidade Online

Moto - Nacional

MOTOS -TIAGO MAGALHAES NO PÓDIO EM PORTIMÃO

Terça, 18 Agosto 2020 20:06 | Actualizado em Quarta, 10 Abril 2024 08:55

Tiago Magalhães no pódio em Portimão


A Eni Aprilia Portugal Racing Team continua a sua evolução com as RSV4 e no Autódromo Internacional do Algarve ficou provada, uma vez mais, a sua rapidez e competitividade. Fruto de um grande trabalho com suporte directo da fábrica, Tiago Magalhães continua a encurtar a sua diferença para os líderes do Campeonato Nacional de Velocidade e, na quarta jornada do Campeonato Nacional de Velocidade, o piloto de Superbike provou isso mesmo, melhorando os seus registos aos comandos da rápida máquina italiana.

Foram duas as subidas ao pódio, no terceiro lugar, em ambas as corridas que compunham o programa dedicado à categoria maior do CNV Moto, comprovando a evolução e rapidez em pista, fruto de um grande trabalho técnico que tem vindo a ser desenvolvido desde o início da temporada. O #19 provou uma vez mais ser capaz de rodar na frente da corrida, faltando apenas melhorar alguns aspectos técnicos que permitirão Tiago encurtar ainda mais a diferença face aos mais rápidos, provando ser um candidato à vitória.

Partindo da terceira posição na primeira linha da grelha de partida, Magalhães fez tudo ao seu alcance para não perder o contacto com o comandante da prova na primeira corrida. Algo que viria a acontecer lentamente em virtude de pequenos erros ao longo das 15 voltas ao traçado algarvio. No final, viria a manter a mesma posição, somando importantes pontos. Na segunda corrida, embora a posição final fosse a mesma, Tiago revelou não só uma melhoria no tempo da volta mais rápida, como encurtou substancialmente a sua diferença para o vencedor. Com este resultado, o piloto de Cascais sobe agora ao terceiro posto nos pontos das Superbike.

Também na classe rainha da velocidade nacional, Filipe Lourenço manteve a sua evolução em pista, depois dos azares sofridos no início da temporada que resultaram numa lesão grave num dedo após uma queda sofrida. Filipe alcançou o nono lugar na grelha de partida, posição que conservou até ao final da primeira corrida, provando a sua adaptação à rápida máquina de Noale. Na segunda corrida o objectivo passava por melhorar o tempo por volta e recuperar posições, algo que o #93 conseguiu atingir até à última volta da corrida. No entanto, uma queda na última curva do circuito viria a deitar as suas chances de um bom resultado por terra, provando simultaneamente ser capaz de rodar rápido.

A mais recente aposta da formação "luso-italiana", Filipe Azevedo, continua a sua adaptação à rápida RSV4, melhorando em cada saída para a pista e evoluindo tecnicamente junto dos técnicos da estrutura lisboeta. Azevedo continua a pautar a sua prestação pela regularidade e aprendizagem, colocando a moto #79 na 17ª posição da competitiva classe na primeira corrida, recortando tempo substancial ao seu melhor registo em Portimão. A segunda corrida, no entanto, viria a ser complicada para Filipe, que sofreu dificuldades electrónicas na sua moto, empurrando-o para o final do pelotão e lutando pelo término das nove voltas à "montanha russa" situada a sul do país.

A Eni Aprilia Portugal Racing Team já prepara o seu regresso ao Circuito do Estoril, em Setembro, para completar as duas jornadas em falta até ao final da temporada 2020 e onde lutará por uma subida nas classificações, fazendo uso de toda a informação recolhida nas duas primeiras rondas disputadas no traçado situado nos arredores de Lisboa.

Tiago Magalhães #19
"Este foi um fim-de-semana muito positivo, melhorei os meus tempos e conseguimos reunir informações importantes para melhorar a moto, algo que os meus técnicos têm vindo a fazer gradualmente. Sabíamos que os nossos adversários estariam muito fortes, pela sua participação em Espanha, mas saímos de Portimão no terceiro lugar do campeonato e sabemos que no Estoril poderemos ir ainda mais além, em termos de tempos, resultados e evoluções na moto."

Filipe Lourenço #93
"Fim-de-semana complicado, desde cedo que tentámos andar com o melhor 'setting' para voltar a ganhar confiança, mas tivemos algumas dificuldades com a tracção e com o pneu traseiro. Na primeira corrida não fui além do nono lugar. Na corrida de domingo, alterámos os acertos da moto e consegui um bom ritmo na corrida, mas ao entrar na última volta, perdi a frente na parabólica e acabei por não conseguir terminar a corrida. Saio satisfeito de Portimão apesar da queda. Fizemos uma boa corrida." 

Filipe Azevedo #79
"Esta passagem por Portimão foi muito positiva, embora os percalços que sofremos em alguns momentos. Consegui melhorar os meus tempos sempre que saí para a pista e continuo a aprender cada vez mais sobre esta bela moto, que é muito rápida mas muito delicada e complexa. A primeira corrida foi positiva, com a 17ª posição. Na segunda corrida, infelizmente sofremos algumas dificuldades electrónicas que comprometeram um melhor resultado. Nunca baixamos os braços e levámos a RSV4 até ao final da prova. Sabemos que podemos fazer melhor no Estoril, um circuito que me é mais familiar e onde temos 'data' importante que será muito útil."

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos