Velocidade Online

Moto - Todo o Terreno

MOTO - TRIALGP DE PORTUGAL EM GOUVEIA

Terça, 25 Abril 2023 17:15 | Actualizado em Quarta, 28 Fevereiro 2024 13:34

TRIALGP de Portugal | Gouveia | 21 a 23 de abril de 2023 - FIM TRIAL WORLD CHAMPIONSHIPS

 

Jaime Busto e Emma Bristow vencem segundo dia em Gouveia

 

O segundo dia do TrialGP de Portugal, disputado este fim de semana no cenário panorâmico de Gouveia, na orla do Parque Natural da Serra da Estrela, ditou o triunfo do espanhol Jaime Busto, na prova principal, e da germânica Emma Bristow, em femininos.

 

Chegou ao fim a jornada do TrialGP de Portugal, com o piloto espanhol Jaime Busto (GasGas) a evidenciar, mais uma vez, a ser uma forte ameaça ao domínio de Toni Bou (Montesa) nesta disciplina das duas rodas mundial. A etapa portuguesa, organizada pelo Município de Gouveia e a Talentos Objetivos-Clube de Enduro e Recreio, teve o mesmo desfecho da competição de abertura em solo espanhol, com Toni Bou a vencer num dia e Jaime Busto no outro.

Se ontem a vitória sorriu a Toni Bou, hoje foi a vez de Jaime Busto carimbar um triunfo preso por um fio: um escasso ponto separou os dois pilotos espanhóis, o que diz bem da entrega e dedicação que ambos empregam ao longo de quatro horas de aventuras e peripécias no coração de Gouveia.

Depois das rondas de Espanha e Portugal, Toni Bou, da Repsol Honda Team, e Jaime Busto, da GasGas Factory Racing, viajam para o Japão, próximo compromisso do Mundial de Trial, empatados com 74 pontos, seguidos do espanhol Gabriel Marcelli (Montesa), também da equipa Repsol Honda Team, com 58 pontos, após terminar o dia de hoje na terceira posição, com 24 pontos.

Adam Raga (TRRS), Igualmente espanhol, fechou o dia na quarta posição, com 30 pontos, relegando para o quino posto o italiano Matteo Grattarola (Vertigo), assegurando 45 pontos.

No TrialGP Feminino, a britânica e campeã do mundo em título, Emma Bristow (Sherco), repetiu o triunfo alcançado ontem, mas teve de suar as estopinhas para desembaraçar-se da espanhola Berta Abellan (Scorpa). Dois pontos separaram as duas pilotos, com vantagem para a primeira, que arrecadou cinco, que não descura a oportunidade de alcançar o nono título em 10 anos de carreira

Aliás, Emma Bristow tem demonstrado uma enorme aptidão com a sua Sherco de 300cc com injeção de combustível nas provas disputadas em Espanha e Portugal. Por seu turno, Berta Abellan esteve sempre a rodar nos calcanhares da britânica, contentando-se, no final do segundo dia de prova do TrialGP de Portugal com o segundo lugar, depois de ter logrado o triunfo nos dois dias em Espanha.

A também germânica Alice Minta (Scorpa) quedou-se pela terceira posição, captando 34 pontos, menos dois que a italiana Sofia Rabino (Beta), quarta classificada, e seis que a norueguesa Heldeborg Barkved (TRRS), que encerrou o "top five".

À semelhança de ontem, a ronda de hoje foi tirada a papel químico no Trial2, com os três primeiros a repetirem exatamente os mesmos lugares do pódio. A "dobradinha" britânica manteve-se, com Billy Green (Scorpa) a somar oito pontos, os mesmos de ontem, enquanto o compatriota Jack Peace (Sherco) levou para casa 12.

Recorde-se que este último, venceu o segundo dia na jornada espanhola, mas desta vez Billy Green não deu a mínima hipótese, pese embora tenha protagonizado uma feroz luta pelo lugar mais desejado.

Quem porfia sempre alcança e o norueguês Sondre Haga (GasGas) não se deixou intimidar com a forte concorrência e encontrou a fórmula pretendida para subir ao degrau mais baixo do pódio, registando 16 pontos. Já os espanhóis Arnau Farre (Sherco) e Alex Canales (Sherco) terminaram, respetivamente, no quarto e quinto posto, ambos com 22 pontos.

Na categoria de Trial3, o britânico George Hemingway (Beta) tomou o gosto e voltou a vencer, à semelhança do que sucedeu ontem. Aliás, o britânico passa a ter razões de sobra de gostar de Gouveia, porque foi na cidade da encosta noroeste da Serra da Estrela que garantiu os dois primeiros triunfos da carreira nesta categoria.

No segundo dia de prova, George Hemingway rubricou mais um desempenho notável, a vincar a série trazida da véspera para totalizar dois pontos, com o "caloiro" norueguês Jone Sandvik (Sherco), a terminar em segundo - ontem foi terceiro classificado - , com 15 pontos.

Na terceira posição ficou o também britânico Alfie Lampkin (Vertigo), com 18 pontos, retirando do pódio o italiano Mirko Pedretti (Beta) ao somar 20 pontos. Já Jamie Galloway (TRRS), que ontem foi segundo classificado, hoje encerrou o "top five", com o mesmo número de pontos de Mirko Pedretti.

O TrialGP do Japão é a próxima prova do Campeonato do Mundo Hertz FIM Trial, a desenvolver nos dias 19 e 21 de maio.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos