Velocidade Online

Diversos - Diversos

DIVERSOS - COPA TRUCK - BRASIL

Terça, 16 Agosto 2022 14:54 | Actualizado em Sábado, 01 Outubro 2022 09:15

Freios à prova na segunda passagem da Copa Truck por Interlagos em 2022

Temperatura das pastilhas pode alcançar os 900 graus nas maiores reduções de velocidade na da temporada. Campeonato teve cinco vencedores diferentes e um único piloto com cinco vitórias

Interlagos recebe a sexta etapa da temporada 2022 da Copa Truck neste domingo (Rafa Catelan/P1 Media Relations)
Interlagos recebe a sexta etapa da temporada 2022 da Copa Truck neste domingo (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Interlagos recebe a sexta etapa da temporada 2022 da Copa Truck neste domingo
(Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Wellington Cirino é o atual líder da temporada e o que mais venceu corridas (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Wellington Cirino é o atual líder da temporada e o que mais venceu corridas
(Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Em pista exigente, pastilhas de freio da Fras-le podem chegar a 900 graus (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Em pista exigente, pastilhas de freio da Fras-le podem chegar a 900 graus
(Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Na segunda etapa, também disputada em Interlagos, vitórias de Cirino e Monteiro (Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Na segunda etapa, também disputada em Interlagos, vitórias de Cirino e Monteiro
(Rafa Catelan/P1 Media Relations)

Resumo do conteúdo

- Vídeo exclusivo com explicação do principal ponto de frenagem, explicado pelo engenheiro da Fras-le Roger Lusa dos Santos

:: Baixar via WeTransfer
:: Ver no YouTube (disponível para anexação em sites);

- Corridas da sexta etapa terão transmissão ao vivo por Band e SporTV a partir das 13h30


==

Interlagos volta a receber a Copa Truck em 2022. O encontro do próximo domingo, 21 de agosto, vale pela sexta etapa da temporada. A largada para as duas corridas acontece às 13h35 com transmissão ao vivo por Band, canais SporTV e pelo YouTube oficial da categoria. Na primeira ocasião em que a Copa Truck correu em Interlagos, pela terceira etapa, as vitórias ficaram com Beto Monteiro e Wellington Cirino.

O circuito de 4.309 metros é o mais desafiador para os freios em toda a temporada, apresentando as maiores reduções de velocidade entre os autódromos que compõem o calendário deste campeonato. Após Interlagos, restarão dois encontros ? três etapas ? para a decisão do título: uma etapa dupla na pista de Tarumã, em Viamão (RS) nos dias 17 e 18 de setembro, e em Brasília (DF) em 6 de novembro, valendo pela nona e última etapa do ano.

Enquanto os caminhões mais rápidos do mundo não entram na pista do autódromo paulistano, o campeonato tem a liderança de Wellington Cirino, da ASG Motorsport (Mercedes-Benz), com 164 pontos, apenas seis pontos à frente do pernambucano Beto Monteiro, da R9 Competições (Volkswagen). Felipe Giaffone, da Usual Racing (Iveco), é o terceiro com 144, seguido por Paulo Salustiano (138) e Débora Rodrigues (127) fechando os cinco maiores pontuadores da temporada até o momento.

Das cinco etapas disputadas até agora, o líder Cirino foi o piloto que mais venceu corridas, com cinco vitórias. Ele venceu ao menos uma corrida de cada etapa desta temporada ? Santa Cruz do Sul (RS), Interlagos, Goiânia e Londrina (PR). Paulo Salustiano, quarto colocado na tabela, venceu duas vezes ? em Santa Cruz do Sul e Londrina -, enquanto Beto Monteiro, Roberval Andrade e Felipe Giaffone venceram uma corrida cada. Ainda assim, 37 pontos separam os cinco primeiros colocados, quando 40 pontos são colocados em jogo a cada etapa.

Em uma pista na qual as pastilhas de freio fornecidas à categoria pela Fras-le chegam a atingir quase 900ºC de temperatura sem prejuízos de durabilidade, segurança e desempenho, as desacelerações são as maiores da temporada, especialmente em dois pontos: a aproximação para o S do Senna, a primeira curva do traçado, que é feita a 190 km/h (isso depois da retomada após os pilotos passarem obrigatoriamente a 160 km/h no radar imposto pelo regulamento) e o piloto percorre 210 metros freando para contornar a primeira ?perna? da curva a cerca de 60 km/h; o segundo ponto é a Curva do Lago, a quarta do circuito, na qual os pilotos acionam os freios a 200 km/h e reduzem a velocidade para 90 km/h em cinco segundos e 190 metros, apenas. Pontos que geralmente proporcionam boas oportunidades de ultrapassagem.

Mas o circuito também representa outros desafios, como no trecho chamado de ?miolo?, e que compreende as curvas do Laranjinha, Pinheirinho, Bico de Pato, Mergulho e Junção. ?São curvas de baixa velocidade e muito próximas entre si, o que representa um desafio importante para a refrigeração dos componentes dos freios?, aponta Roger Lusa dos Santos, engenheiro de aplicação da Fras-le, empresa que desde 2021 é a fornecedora oficial das pastilhas de freio da Copa Truck, abastecendo todas as equipes da categoria.

A programação prevê três treinos livres ? dois na sexta-feira e um no sábado, dia em que também é realizada a classificação para definição do grid de largada, às 13 horas. No domingo, 21 de agosto, as largadas das duas provas acontecem às 13h35 e 14h10, com inversão dinâmica dos primeiros colocados do grid. As provas serão mostradas pela Band, pelo SporTV e também pelo canal oficial da Copa Truck no YouTube.

A Fras-le, maior fabricante de materiais de fricção da América Latina e um dos líderes mundiais, é a fornecedora oficial de pastilhas de freio para a Copa Truck, proporcionando eficiência e segurança nas frenagens dos caminhões mais rápidos do planeta.

Fala, piloto!
?O S do Senna é uma freada muito forte, onde o piloto precisa colocar mais força no pedal e tomar cuidado ao mesmo tempo para não bloquear as rodas. Na Curva do Lago é parecido, mas chegando mais rápido já que não tem o radar, e a temperatura sobe bastante também. Isso, junto das curvas do miolo do circuito, exige um conjunto de freio muito equilibrado. A distribuição da dianteira para a traseira tem de ser bem homogênea. Com as pastilhas que temos hoje, que foi um salto de qualidade e performance muito grande, os freios não apresentam mais nenhum tipo de desajuste. No meu caminhão eu não uso água para o resfriamento, e desde a chegada da Fras-le, estes são os melhores freios que eu já tive em um caminhão de corrida?.
(Adalberto Jardim, AJ5 ECO Sports, Mercedes-Benz #5)

A pista de Interlagos na visão da FRAS-LE
?Interlagos exige bastante do sistema de freios. É uma pista onde as velocidades são bem altas e o traçado é um dos mais severos da temporada. Sem sombra de dúvidas, a freada fortíssima da primeira curva vai exigir bastante atenção dos pilotos e o controle da temperatura usando tanto a refrigeração a água como a ventilação a ar serão essenciais para preservar mais o sistema como um todo. Em alguns trechos, a sequência de curvas traz pouca ventilação para os freios, então é um desafio enorme tanto para os pilotos como para nós da Fras-le garantir a máxima performance e durabilidade nessas condições extremas?.
(Roger Lusa dos Santos, Engenheiro de Aplicação da Fras-le)

6ª Etapa ? Copa Truck 2022
SÃO PAULO (SP)
Autódromo Internacional José Carlos Pace
INTERLAGOS
Extensão: 4.309 metros
Sentido: anti-horário
Curvas: 13 (4 à direita e 9 à esquerda)

Inauguração: 1940
Previsão climática: Mínima de 14ºC e Máxima de 18ºC no domingo (1), com tempo nublado e probabilidade de chuva.

PROGRAMAÇÃO DA ETAPA:
Sexta-feira, 19 de agosto
11h00 ? Treino Livre 1
14h00 ? Treinio Livre 2
Sábado, 20 de agosto
08h00 ? Treino Livre 3
13h00 - Classificação
*Transmissão ao vivo da sessão classificatória pelo canal oficial da Copa Truck no YouTube
Domingo, 21 de agosto
08h20 ? Warm-up
13h35 ? Corrida 1
14h10 ? Corrida 2
**Transmissão ao vivo das duas corridas nos canais Band e SporTV2, bem como no YouTube oficial da categoria.


Classificação do campeonato (Top-10):
1. Wellington Cirino, 164 pontos
2. Beto Monteiro, 158
3. Felipe Giaffone, 144
4. Paulo Salustiano, 138
5. Débora Rodrigues, 127
6. Roberval Andrade, 120
7. Jaidson Zini, 91
8. Adalberto Jardim, 82
9. Luiz Lopes, 82
10. Regis Boessio, 46


Sobre a FRAS-LE:

No mercado há mais de 68 anos e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências  nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos  mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

 A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.  

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge.
  A FREMAX, desde 2004,  também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car,  assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.

A Fras-le, seja através das suas aquisições ou no desenvolvimento de materiais mais inteligentes (mais leves, eficientes e com materiais primas mais sustentáveis) tem construído uma plataforma cada vez mais diversa, de itens fricção e não fricção, estando atenta aos movimentos e necessidades do mercado global.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos