Velocidade Online

Portugueses no estrangerio -

PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO - HENRIQUE CHAVES FALA DA SUA PARTICIPAÇÃO NAS 24 HORAS DE LE MANS

Segunda, 13 Junho 2022 21:26 | Actualizado em Quinta, 23 Maio 2024 14:23

Henrique Chaves revela como está a ser
a sua estreia em Le Mans

 
Henrique Chaves estreia-se este ano nas míticas 24 Horas de Le Mans, mas os seus objectivos são ambiciosos num evento que o surpreendeu e em que o traçado do circuito de La Sarthe o impressionou.
 
O circuito de La Sarthe é um dos mais aclamados no mundo inteiro. O que achas do seu traçado?
Henrique Chaves: O circuito é algo de extraordinário! Uma combinação de alta-velocidade, rectas gigantes, a chegada a Indianápolis é fantástica, mas depois tem zonas muito técnicas, a primeira chicane parece fácil, é uma direita, esquerda, direita, mas é muito, muito técnica. Toda aquela descida até Tetre Rouge, é muito rápida. As Curvas Porsche são provavelmente as curvas de que mais gosto neste circuito. São feitas no limite, temos de aliviar o mínimo possível, mas não podemos fazer muitas vezes a fundo para proteger os pneus. É um circuito que exige um bom compromisso. Depois a Chicane Ford é também muito agressiva para o carro, temos de fazer, uma vez mais, compromissos.
É uma pista da qual gosto bastante – é rápida e técnica, é o meu estilo.
 
As 24 Horas de Le Mans são muito mais que apenas uma corrida. Esta é a tua primeira vez em La Sarthe, como estás a ver o evento? Era o que esperavas?
Henrique Chaves: O evento é ainda mais impressionante do que estava à espera.
Não tinha ideia. Via desde casa, na televisão, mas ao vivo é algo fora do comum.
Tive pena de não ter estado presente no dia da pesagem, no sábado, mas tinha outros compromissos, estava a competir em Paul Ricard, dado que enriqueceria ainda mais a minha experiência aqui.
Mas penso que só no sábado, quando estiver na grelha de partida com as bancadas cheias, terei uma visão clara do que é Le Mans. Vai ser extraordinário.
 
Do teu ponto de vista, quem consideras ser o favorito à vitória geral?
Henrique Chaves: Penso que será um Toyota, apesar de não ter estado a seguir muito os Hypercars.
Acredito que são os carros e a equipa mais competentes para chegar à vitória na edição deste ano.
 
É a tua primeira experiência em Le Mans, mas, na tua opinião, qual é o segredo para vencer a prova?
Henrique Chaves: Fala-se muito da necessidade de não cometer erros para vencer aqui. Creio que é muito importante poupar o carro em momentos específicos da corrida porque é muito importante não termos problemas até ao final. Penso que se isso acontecer, as possibilidades de terminarmos no pódio são elevadas. Na nossa classe (n.d.r.: GTE Am) é também necessário ter um BoP favorável, ou equilibrado, para que possamos ser nós, os pilotos, e a equipa a fazer a diferença.
Mas penso que para ganhar é necessário não cometer erros, seja de pilotagem ou nas boxes, estar focado e poupar o carro nos momentos certos.
 
Pessoalmente, o que esperas da corrida deste fim-de-semana, que representa a tua estreia nas 24 Horas de Le Mans?
Henrique Chaves: Espero ganhar!
Não vim aqui para outra coisa, é a primeira corrida que faço em Le Mans e podem considerar ser muito ambicioso, mas tenho bons colegas de equipa, uma boa equipa e um carro competitivo, portanto, temos as condições para podermos triunfar.
Claro que esse objectivo pode ser ajustado durante a corrida consoante os acontecimentos, mas estou aqui para ganhar e não equaciono outra possibilidade senão partir para lutar pelo triunfo.
Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos