Velocidade Online

Comércio e Industria - Novidades

COMÉRCIO & INDUSTRIA - BOSCH ABRE NOVOS CAMINHOS NO TRANSPORTE DE CARGA

Quinta, 09 Agosto 2018 09:52 | Actualizado em Terça, 11 Dezembro 2018 17:19

Bosch abre novos caminhos no transporte de carga

Automatização, conectividade e eletrificação são o mote para a presença da Bosch no IAA 2018

 

„  O transporte de carga do futuro será livre de acidentes, stress e emissões

„  Serviços conectados facilitam a vida de motoristas e especialistas em logística

„  Sistemas de assistência ao motorista para veículos comerciais estão a tornar as estradas mais seguras

„  Nova cadeia sinemática está a tornar os camiões mais eficientes

 

 

A Bosch, através de tecnologia de automatização, conectividade e eletrificação está a melhorar a eficiência e a segurança na logística. Durante a 67ª IAA Commercial Vehicles, em Hannover, serão apresentadas as inovações para o transporte de carga do futuro.

 

Novos serviços conectados facilitam a vida de motoristas e especialistas em logística

Plataforma de conectividade para serviços baseados na cloud: A Bosch utiliza uma nova plataforma de conectividade para ligar veículos comerciais durante toda a sua vida útil, fornecendo a base tecnológica para serviços como diagnósticos preditivos e atualizações de software over-the-air. A plataforma tem dois componentes principais: o módulo de software básico é a interface de comunicação segura entre o veículo, a cloud e os serviços, enquanto o módulo de gestão de dados permite que fabricantes de veículos comerciais ou gestores de frota organizem dados de veículos, analisem e mantenham o software do veículo continuamente atualizado.  

 

Diagnósticos preditivos: O tempo de inatividade do veículo geralmente não é planeado e muitas vezes resulta em prejuízos económicos significativos. O diagnóstico preditivo da Bosch regista e avalia o estado do componente e do sistema do veículo, reportando continuamente à cloud. Com base nestes dados, as falhas podem ser previstas e resolvidas a tempo, reduzindo os custos de manutenção e de serviços para veículos comerciais.

 

Eletronic horizon: No futuro, o eletronic horizon da Bosch tornar-se-á mais inteligente a cada viagem. Este serviço é baseado em mapas de alta definição com dados topográficos para a rota a percorrer. A gestão do motor e da transmissão toma esses dados em consideração para selecionar a estratégia de condução mais eficiente e reduzir ainda mais o consumo. O horizonte eletrónico está disponível há vários anos, mas agora a Bosch está a melhorá-lo. No futuro, a função determinará se as informações armazenadas no mapa estão de acordo com as condições reais da estrada. Por exemplo, se a câmara do veículo detetar um sinal de limite de velocidade na estrada que especifica 30 km/h, mas o mapa informa que o limite é de 50 km/h, o sistema de navegação do camião irá assumir a nova velocidade. No futuro, essas informações também serão partilhadas com outros camiões através da cloud. O eletronic horizon inteligente está programado para entrar em produção no início de 2019.

 

Monitorização da carga: Onde e em que estado estão as minhas mercadorias? Estas são perguntas que especialistas em logística e clientes fazem. O Transport Data Logger da Bosch fornece as respostas e torna a cadeia de fornecimento de mercadorias transparente. Medindo cerca de 10 centímetros quadrados, a pequena caixa com sensores integrados monitoriza o transporte de mercadorias sensíveis e mede a temperatura, humidade, inclinação e situações de colisão durante o transporte. Os valores medidos são exibidos numa aplicação para smartphone ou tablet e documentados. Se determinados valores forem excedidos, a aplicação acionará um alarme e os possíveis danos às mercadorias poderão ser detetados identificando a origem da causa.

 

Gateway central: O gateway central controla a troca de dados entre as ECUs no camião e com o ambiente que o rodeia e permitindo a conexão entre veículos comerciais. As tecnologias de transmissão e criptografia tornam a troca de dados particularmente segura através de firewalls ou do sistema de deteção de intrusão desenvolvido pelas subsidiárias da Bosch, ETAS e ESCRYPT.

 

Os espelhos retrovisores digitais melhoram a experiência de condução e aumentam a segurança

Espelhos retrovisores digitais: O sistema de câmaras de espelho digital desenvolvido pela Bosch e pela Mekra Lang para espelhos retrovisores laterais entrará em produção já em 2019. Este sistema substitui os dois grandes espelhos na parte externa da cabine do veículo por sensores de vídeo, o que aumenta a tração e reduz o consumo de combustível em 2%. As imagens das câmaras são exibidas em tempo real nos monitores de alta resolução da cabine do motorista. O sistema ajusta a exibição do monitor de acordo com a situação: visão longa na estrada, grande ângulo de visão no trânsito da cidade e alto contraste para conduzir à noite. E graças ao sistema de câmaras EasyFit da Bosch, as frotas de camiões existentes também podem ser adaptadas com espelhos retrovisores digitais. Este sistema é baseado em quatro câmaras de grande grau angular que mostram uma visão de 360 graus em redor do veículo.

 

Conjunto de instrumentos digitais: Para garantir uma operação fácil das funções de conectividade e livre de distrações, a Bosch está a transferir os conjuntos de instrumentos digitais para o cockpit. Além da visualização do velocímetro convencional, o visor mostrará informações de função, gráficos de planeamento de rota e imagens da câmara traseira ou do dispositivo de visão noturna, priorizadas de acordo com a direção da condução. Os motoristas conseguem ver exatamente a informação de que precisam em qualquer momento, o que reduz a complexidade e permite que estes se concentrem totalmente na estrada.

 

Sistemas de assistência ao condutor melhoram a experiência de condução e a segurança dos veículos comerciais

Aviso de mudança de direção: Especialmente nas áreas centrais, os motoristas de camiões precisam de estar particularmente atentos ao trânsito, nos semáforos e nos sinais de trânsito, ao mesmo tempo que precisam de ter atenção aos peões e ciclistas. No futuro, o sistema de aviso de mudança de direção da Bosch irá ajudá-los a manobrar em situações complexas. Os sensores de radar detetam a travessia de peões e ciclistas em tempo real e alertam os motoristas de uma colisão iminente, permitindo que estes travem ou evitem um acidente atempadamente.

 

Reconhecimento de ângulos mortos: Seja na cidade ou na auto-estrada, muitas vezes é difícil para os motoristas de veículos comerciais manterem uma visão geral das áreas próximas e diagonalmente atrás deles. O reconhecimento de ângulos mortos usa sensores de radar para monitorizar as áreas próximas ao veículo, detetar outros condutores na estrada e avisar o motorista. Esta função também alerta os condutores de colisões iminentes ao mudar de faixa.

 

Travagem de emergência previsível: Os sistemas de travagem de emergência automática para veículos comerciais têm sido obrigatórios em toda a UE desde o outono de 2015 para todos os camiões com peso bruto superior a oito toneladas. A solução da Bosch usa uma combinação de uma câmara multifuncional e um sensor de radar, ambos instalados na extremidade dianteira do camião. O sensor de radar deteta objetos que estejam à frente do veículo e determina a sua velocidade e a sua posição em relação ao mesmo. Se houver risco de colisão, o sistema avisa o motorista. Se o motorista não reagir, o sistema acionará automaticamente uma manobra de travagem de emergência.

 

Assistentes de faixa: Este sistema utiliza os dados da câmara para garantir que os camiões não saem da faixa acidentalmente. O aviso de saída de faixa alerta os condutores de que correm o risco de se desviarem da faixa, por exemplo, ao vibrar o volante. O assistente de manutenção da faixa de rodagem mantém o veículo na sua faixa, fazendo intervenções de direção suaves.

 

Sistemas de direção Bosch para veículos comerciais apontam o caminho a seguir

Servotwin: O sistema de direção eletro-hidráulica Bosch Servotwin melhora a eficiência e a conveniência de veículos comerciais pesados. Oferece suporte de direção dependente da velocidade e consome menos combustível do que a direção puramente hidráulica. Graças à sua interface electrónica, o sistema de direção é simultaneamente a base para funções de assistência ao motorista, como assistentes de faixa ou compensação de vento cruzado. O sistema de direção tem muitos campos de aplicação, inclusive no sistema de condução autónoma da Mercedes-Benz.

 

Direção do eixo traseiro: O sistema elétrico de direção do eixo traseiro (eRAS) permite que veículos comerciais com três ou mais eixos usem os eixos dianteiro e traseiro durante a condução. Isto reduz o raio de viragem e o desgaste dos pneus. Baseado no ângulo de direção do eixo dianteiro, transmitido pelo CAN bus, o sistema de direção determina o melhor ângulo de direção para o eixo traseiro. Depois de efetuar uma curva, o sistema também assume a tarefa de endireitar as rodas. O eRAS só consome energia quando o veículo está a ser conduzido.

 

Bosch está a eletrificar veículos comerciais

Triciclo de carga com cadeia sinemática de 48 volts: Veículos elétricos leves de duas, três ou quatro rodas estão a desempenhar um papel cada vez mais importante na entrega rápida e flexível de mercadorias dentro das cidades. O sistema de 48 volts da Bosch também é usado para alimentar veículos de carga de três rodas, que os serviços de entrega utilizam para transportar cartas e encomendas para destinos em áreas urbanas.

 

Bicicleta e-cargo: As bicicletas elétricas estão invadir as cidades e a tornar o transporte de alimentos e pequenas remessas rápido e flexível. A cadeia sinemática e-bike Performance Line da Bosch alimenta as bicicletas elétricas com um torque máximo de 63 Nm, garantindo um arranque potente, mesmo em subidas mais íngremes na cidade. Com uma segunda bateria e condições favoráveis, estas bicicletas podem viajar até 180 km - mesmo com carga. Nyon, o computador de bordo, encontra a rota de entrega mais rápida, além de mostrar aos motoristas o tempo atual, a velocidade, as mudanças recomendadas, a faixa de operação, a distância e a carga atual da bateria.

 

Eixo de reboque elétrico: Com o eixo elétrico, já não se perde a energia durante a travagem, que é armazenada numa bateria de alta tensão, onde pode ser reutilizada para uma ampla variedade de aplicações, como operar compressores de arrefecimento para reboques ou fornecer assistência inicial para veículos de construção. Em comparação com os motores convencionais a diesel do reboque, os eixos dos reboques elétricos podem economizar até 9.000 litros de combustível por ano. Também facilitam a condução elétrica controlada remotamente, por exemplo, nas instalações das empresas de transporte de mercadorias ou nos portos. Para implementar isto, a Bosch fornece peças testadas e comprovadas que são compactas e prontamente disponíveis, como um inversor, a ECU associada e a unidade de controlo do veículo. O gerador do motor separado está disponível para instalação como um motor elétrico completo, ou os componentes ativos - rotor, estator e resolver - podem ser integrados ao eixo.

 

Gestor térmico para veículos elétricos: A Bosch usa o gestor térmico inteligente para aumentar a faixa operacional de veículos elétricos até 25%, já que a distribuição seletiva de temperaturas na bateria melhora a sua eficiência. O sistema de gestão térmica da Bosch também permite que cada componente da cadeia sinemática seja operado dentro do seu intervalo ideal de temperatura, e o sistema direciona sempre o calor e o frio para os locais necessários no interior dos veículos elétricos.

 

Bosch está a tornar a cadeia sinemática dos veículos comerciais mais eficiente

Tratamento de gases de escape: Os sistemas de injeção AdBlue, em conjunto com conversores de redução catalítica seletiva (SCR), suportam o tratamento abrangente de gases de exaustão. Desempenham um papel importante para garantir que os veículos comerciais possam permanecer dentro dos limites legais de emissão de gases de escape. O sistema de dosagem Denoxtronic 2.2 evo oferece opções de configuração flexíveis, pago rapidamente com a poupança de combustível. Para veículos comerciais leves, a Bosch oferece uma versão particularmente compacta, o Denoxtronic 6-5. A versão 6-HD, com uma taxa de dosagem de até 15 kg/h, é particularmente adequada para motores de alta capacidade em veículos comerciais pesados.

 

Sistema common-rail modular: O sistema modular de injeção de carril comum (CRSN) para veículos comerciais e aplicações fora da auto-estrada garante o fornecimento eficiente de combustível em motores a diesel. Pode ser usado em várias configurações em componentes montados com até oito cilindros e saídas de até 850 kW. Dependendo do segmento e do mercado, o sistema pode durar até 1,6 milhões de quilómetros em operação na auto-estrada, ou 15 mil horas fora da auto-estrada.

Em comparação com os sistemas convencionais, pode reduzir o consumo de combustível até 1% - num camião pesado, isso corresponde a uma economia de até 450 litros de diesel por ano. O sistema também é projetado para a eletrificação da cadeia sinemática.

 

Sistema common-rail de linha de base: Os sistemas common-rail de linha de base, com pressão de sistema de até 2.000 bar para veículos médios e pesados, bem como aplicações fora da auto-estrada, são perfeitamente adaptados às exigências dos mercados emergentes. Entre outras coisas, o sistema inclui uma ampla gama de produtos de bombas lubrificadas a óleo e injetores de linha de base e, por ser padronizada, a integração, a calibração e a validação de sistemas para novas aplicações são rápidas e eficientes. 

 

Bomba de óleo variável: As bombas de óleo existentes trabalham com pressão de óleo constante para garantir que o motor é lubrificado e os pistões são refrigerados constantemente. A nova solução Bosch para veículos comerciais pode ajustar o seu volume de deslocamento, para fornecer exatamente a quantidade certa de óleo em qualquer situação. Como resultado, requer menos torque em certas situações da operação, utilizando menos 1% de combustível. A bomba de óleo variável é baseada no princípio de multi-palhetas e está disponível em três modelos: com cárter de óleo, com um design frontal compacto e como uma tampa do motor.

 

Sistemas de acionamento por gás natural: As previsões do mercado global para os próximos anos mostram taxas de crescimento de dois dígitos para veículos a gás natural, principalmente devido às suas emissões mais baixas de dióxido de carbono e partículas em comparação com combustíveis líquidos e ao facto de estes veículos terem uma rodagem muito mais silenciosa. O portfólio da Bosch inclui a ECU, componentes para injeção de combustível e gestão de ar e vários sensores. Estes componentes são poderosos e compactos, e foram testados e comprovados durante vários anos no terreno.

 

Bosch está a transformar autocarros em centros de entretenimento

Série de entretenimento de autocarros: A nova série de entretenimento de autocarros da Bosch traz tecnologia moderna multimédia e conectada ao segmento de autocarros. Todos os componentes do sistema, como monitores de alta resolução e a unidade central, são conectados via Ethernet AVB. AVB significa audio/video bridging - uma tecnologia de transmissão que garante a transmissão audiovisual ininterrupta e sincronizada no segmento automóvel, mesmo para filmes de alta definição. O novo cabo de rede é particularmente leve e economiza um valioso espaço de instalação no veículo.

 

Unidade Coach head: A unidade central Coach head permite que os motoristas de autocarros vejam todas as informações importantes num piscar de olhos, enquanto um ecrã sensível ao toque permite controlar os mapas de navegação integrados e o entretenimento no compartimento de passageiros, e a integração do smartphone mySPIN fornece acesso às aplicações. Todas as funções também podem ser controladas por voz, e as chamadas telefónicas podem ser feitas utilizando o dispositivo de mãos-livres integrado.

 


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos