Velocidade Online

Comércio e Industria - Tecnica

COMÉRCIO & INDUSTRIA - O PAPEL DAS GESTORAS

Quinta, 25 Janeiro 2018 21:24 | Actualizado em Segunda, 23 Setembro 2019 00:51

O papel das gestoras de frotas na mobilidade sustentável

Liderar pelo exemplo: Rumo às zero emissões em 2030

 

  • Numa altura em que indústria automóvel apresenta cada vez mais modelos de baixas emissões e de emissões zero, em que os governos estão alerta para as questões ambientais e preparam medidas para tornar o planeta mais sustentável estabelecendo, por exemplo, zonas de baixas emissões para melhorar a qualidade do ar nas cidades (mais de 200 cidades na Europa têm ou preparam algum tipo de restrição), é urgente perceber a necessidade de aumentar a sustentabilidade das frotas dado que os transportes são um dos principais contribuintes para as mudanças climáticas.

 

Realiza-se no próximo dia 30 de Janeiro a conferência “Rumo às Zero emissões em 2030”, uma iniciativa da LeasePlan, na qual vão ser debatidas as políticas públicas e iniciativas privadas que estão a ser postas em prática em Portugal, rumo a um país mais limpo, com menos emissões e menos poluído – a cidade do Porto já está a fazer a transição para a uma frota totalmente elétrica.

À medida que a consciência ambiental aumenta, as frotas estão gradualmente a mudar para propulsões alternativas, principalmente veículos elétricos de bateria e híbridos plug-in. A proporção de veículos com propulsões alternativas nas frotas empresariais passou de 3,3% em 2015 para 4,3% em 2017. As empresas são, por isso, um dos principais fatores para a conquista da mudança.

Tal como em outras áreas, a LeasePlan quer ser o motor da mudança de comportamentos, liderando pelo exemplo, assumindo publicamente que até 2021 irá passar a ter uma frota totalmente elétrica, abraçando os temas chave da modernidade automóvel que passam pela sustentabilidade, a digitalização e o caminho da posse de automóvel próprio à subscrição de um serviço.

Além disso, como única empresa do ramo automóvel que faz parte da iniciativa EV100 – da qual fazem parte outras empresas líderes como a Unilever, Baidu, IKEA Group, HP Inc., Vattenfall, PG&E, Deutsche Post, DHL ou Metro AG -, a LeasePlan pretende servir de exemplo às empresas ligadas ao Transporte que podem fazer, de facto, toda a diferença para acelerar comportamentos que tenham um impacto positivo nas mudanças climáticas que se avizinham.

 

Comportamentos começam a mudar mas ainda há muito por fazer

Um estudo publicado em 2017 (LP Mobility Monitor) conclui que a maioria dos condutores provavelmente escolherá um veículo de baixas emissões como o próximo carro: numa amostra de 5.994 pessoas, 52% dos entrevistados está preparada para fazer uma mudança verde e 58% dos europeus estão preocupados com as recentes manchetes que ligam as emissões de gasóleo às questões da qualidade do ar. Especialmente em Portugal (81%), Grécia (72%) e Irlanda (67%). Os menos preocupados são a Áustria (31%), a Suécia (28%), a Noruega (26%) e a Alemanha (25%).

Por outro lado, apenas 19% referem que é provável que seu próximo carro seja um carro a gasóleo. Na Alemanha, Holanda, Finlândia, Reino Unido e Hungria, mais de 75% das pessoas dizem que é (muito) improvável que conduzam um carro a gasóleo como seu próximo carro.

Os europeus ainda não estão completamente prontos para mudar para veiculos elétricos: 24% dos europeus indicam que seu próximo carro poderia ser um veículo de baixas emissões. Noruega (45%), Grécia (43%), Portugal (42%), Roménia (38%), Espanha (37%), Irlanda e Itália (ambos 30%) acreditam mais na condução de um EV como seu próximo carro. Mesmo assim, à medida que o preço das baterias diminui e a sua capacidade de autonomia aumenta, mais e mais pessoas vão seguir por este caminho.

A posição dos países na escala ambiental influencia fortemente as suas capacidades para introduzir uma frota EV e Portugal não é exceção. Os veículos de baixas emissões e de emissões zero têm já alguns benefícios, nomeadamente, redução e/ou isenção de taxas de circulação, IVA dedutível para as empresas (50%), maior montante dedutível no imposto sobre rendimentos e estacionamento gratuito em Lisboa – sim, estacionamento gratuito mesmo em zonas “vermelhas” da EMEL.

Nesta conferência a LeasePlan pretende trazer o tema da mobilidade elétrica para o centro da discussão. E assumir que o papel de compromisso das gestoras de frota - quando cerca de metade dos carros na estrada pertencem hoje às empresas e a transição para frotas mais “amigas do ambiente” apresenta-se como uma das melhores formas de reduzir as emissões globais – é fundamental para seguir por uma estrada mais sustentável e amiga do ambiente. As frotas empresariais não só devem fazer parte desta discussão, como têm de ser obrigatoriamente um exemplo a seguir nesta matéria.


A Conferência terá lugar em Lisboa, Montes Claros – Lisbon Secret Spot, no próximo dia 30 de abril, terça-feira, pelas 09h00.

Veja o Programa da Conferência aqui


Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos